quinta-feira, 30 de abril de 2009

Tudo certinho para a finalíssima

Deu pizza na justiça: Thiaguinho, que merecia pegar mais de um jogo, ganha condição de entrar em campo domingo. E Juan, que inacreditavelmente não foi expulso no fim de semana passado, está garantido na final e longe da tal punição preventiva. Traduzindo: a complacência do árbitro Rodrigo Sá com o lateral do Flamengo acabou, de certa forma, por "absolver" o ala do Botafogo. Pegaria mal um lado só responder ao rigor da lei. No fim da história dos engravatados dos tribunais, o futebol agradece. O que foi decidido no campo, no gramado ficou. E ponto final.

Marciano impede vitória do Vasco

Foto: Marcelo Sadio/Site Vasco
Zebras surgem em profusão na Copa do Brasil. Depois do fiasco do Flamengo ontem, apenas empatando em 0x0 com o Fortaleza, em Volta Redonda, agora há pouco foi a vez do Vasco. O cruzmaltino, mesmo em São Januário, com o calor da torcida ao redor, não passou de um minguado 1x1 com o modestíssimo Icasa, de Juazeiro do Norte, Ceará. Ah, o golzinho do "Verdão do Cariri" foi marcado por... Marciano! Precisa dizer mais?

Em tempo: o Americano perdeu

Só um registro: o Americano, com time reserva, perdeu para o Fênix por 2x0, hoje à tarde, no estádio da Cidadania, em Resende. Isso 20 horas depois de ter entrado em campo para enfrentar a Ponte Preta, em Campos, pela Copa do Brasil, e ser obrigado a viajar por mais de 400 quilômetros para cumprir o compromisso imposto pela Federação de Futebol, provavelmente acreditando ter sido benevolente em apenas ter transferido a partida da Copa Rio de ontem para hoje. Sim, queriam que o clube jogasse, no mesmo dia, com diferença de quatro horas, em municípios localizados em pontos extremos do Estado. Pobre futebol carioca!

Medalhista olímpica em Itaperuna

Foto: Globoesporte.com
Neste sábado, por volta de uma hora da tarde, a campeoníssima Sandra Pires visita Itaperuna, no Noroeste Fluminense. Ela participa da abertura do 3º Desafio Itaperunense de Vôlei Indoor 4x4, no Centro Poliesportivo. No vôlei-de-praia, Sandra tem na bagabem medalha de ouro nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, e de bronze nos Jogos de Sydney, em 2000.

Americano: dois jogos em 20 horas

Ontem, sete e meia da noite, o Americano enfrentou a Ponte Preta, em Campos, pela Copa do Brasil. Hoje, três e meia da tarde, o Americano joga com o Fênix, pela segunda rodada da Copa Rio, no estádio do Trabalhador, em Resende - distante mais de 400 quilômetros de Campos. Seria heróico se não fosse trágico.

Goytacaz pega o Olaria no Rio

Tem Goytacaz em campo nesta quinta-feira. E num horário estranho. O time joga com o Olaria, uma hora da tarde, na Ilha do Governador, pelo Campeonato Estadual de Juniores da Segunda Divisão. Depois, às três, na partida "de fundo", tem Portuguesa x Cardoso Moreira. Primeira vez que ouço falar em preliminar de juniores para jogo principal de juniores também. Esquisito. Coisas do futebol carioca!

Os guris tricolores no Serra Dourada

Foto: Marino Azevedo/Photocamera
Com os garotos João Paulo e Maicon no time, o Fluminense enfrenta o Goiás, hoje, às nove e meia da noite, no Serra Dourada, em Goiânia. Esse é o primeiro confronto entre os dois times pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. Com os dois gols marcados contra o Águia Marabá, na fase anterior, o ligeiro Maicon garantiu vaga na equipe em substituição a Everton Santos. Sem muitas opções para a lateral esquerda, o técnico Parreira deixa João Paulo na posição. Thiago Neves volta e Fred está garantido na frente. O grande temor do treinador é a velocidade do ataque adversário, formado pelo experiente Iarley e pelo goleador Felipe (ex-Náutico).

Vasco, desfalcado, encara o Icasa

Foto: Marcelo Sadio/Site Vasco
Sem Fernando (zagueiro), Nílton (volante), Jéfferson e Carlos Alberto (meias), o Vasco encara o Icasa, do Ceará, às oito e meia da noite, em São Januário. Para as vagas dos titulares o técnico Dorival Júnior escalou Vilson na zaga, Mateus para proteger a defesa, Enrico e Alex Teixeira no meio. O desejo geral na Colina é por uma vitória com boa margem de gols para dar tranqüilidade a equipe no jogo de volta, semana que vem, em Juazeiro do Norte.

Bomba santa

Que gol foi aquele do Cleiton Xavier, do Palmeiras, ontem em Santiago? Um chutaço sensacional, no ângulo do goleiro do Colo Colo. E com ingredientes dramáticos: aos 42 do segunto tempo e com um homem a menos. Valeu a vaga. Tinha de valer.

Galo depenado

Foto: Site Vitória
Vexame pouco é bobagem. Depois dos 5x0 do Cruzeiro, o Atlético Mineiro levou nova chicotada ontem. A derrota de 3x0 para o Vitória, no Barradão, pode até ser revertida semana que vem, em Belo Horizonte. Mais que é muito difícil, ainda mais para um time combalido como o do "Galo", isso é.

O rolo compressor colorado

Foto: Site do Internacional
Triturar os adversários nesse início de ano virou rotina para o Internacional. Ontem, em Recife, o time assegurou teoricamente vaga nas quartas-de-final da Copa do Brasil ao golear o Náutico por 3x0, com dois gols dos terríveis Nilmar e Taison - Marcelo Cordeiro, em jogada linda de D´Alessandro fez o outro. Vencer nos Aflitos por um placar elástico assim não é para qualquer equipe. Semana que vem, no Beira-Rio, o Inter apenas confirmará a classificação. Ao pobre Náutico resta tentar não levar outra sova.

Corinthians escapa de goleada

Foto: Site Corinthians
Copa do Brasil, sinônimo de surpresa. Quem acreditaria na derrota do Corinthians, ontem, em Curitiba. E olha que o 3x2 do Atlético Paranaense só não foi 3x0 por puro desleixo nos minutos finais. Os gols de Cristian e Dentinho mantiveram o "Timão" vivo na competição.

Torcida do Fla pede Adriano

Foram dois os cânticos da torcida do Flamengo ontem, durante o empate em 0x0 com o Fortaleza, pela Copa do Brasil, em Volta Redonda, reverenciando o "imperador" Adriano: "Adriano vem aí, o bicho vai pegar" e "Á, é Adriano; Á, é adriano". O som podia ser ouvido com clareza no estádio da Cidadania e também por quem acompanhava o jogo pela televisão sempre que Emerson e Josiel tocavam na bola. E, invariavelmente, a maltratavam sem dó nem piedade. Teve um terceiro grito, na verdade xingamento, a Zé Roberto, outro totalmente fora de sintonia: "Ei, Zé Roberto, vai tomar no .."

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Coritiba classificado uma rodada antes

Foto: Site Coritiba
Terminou agora, no Rei Pelé, em Alagoas: CSA 0x4 Coritiba - gols de Marcelinho Paraíba (2), Márcio Gabriel e Carlinhos Paraíba. O jogo de volta, semana que vem, no Couto Pereira, em Curitiba, será mera obrigação. Ou alguém aí acredita que o CSA vencerá por cinco gols de diferença, na casa do adversário. Para mim, está decretado: o Coritiba é o primeiro classificado para as quartas-de-final da Copa do Brasil.

São Caetano vai de Luan e mais 10

Foto: Site São Caetano
Ex-sensação do futebol brasileiro, o São Caetano amarga mais uma temporada na Série B do Brasileirão. A equipe estréia dia oito, sexta-feira da semana que vem, contra o Bragantino, fora de casa. Por enquanto, o time-base do técnico Sérgio Soares é esse; Julio César, Iran, Marcelo Batatais, Anderson Marques e Éverton Ribeiro; Dias, Ademir Sopa, Marcinho e Gerson; Luan e Betinho. O destaque é o atacante Luan (foto acima), que chegou a ser pretendido por vários clubes depois da participação do "azulão" no Paulistão.

Tudo só para o Flamengo

Em declaração ao repórter Victornio Chermont, da SporTv, no estádio da Cidadania, em Volta Redonda, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Kléber Leite, teve a cara-de-pau de dizer que "existem forças ocultas tentando prejudicar o clube". Ah, faça-me o favor. Vamos combinar, então, o seguinte: só os flamenguistas podem fazer faltas, insultar adversários e driblar. Os outros, não. Acho que assim, no entender do radialista/cartola, tudo ficaria "mais justo" para o clube da Gávea.

Americano agora decide fora de casa

Êta joguinho ruim tecnicamente esse Americano 0x0 Ponte Preta, que terminou agora há pouco, em Campos. Logo depois da partida, ouvi o ala/meia Ernani, em entrevista à Sportv, dizer que o mais importante foi não levar gol em casa. Sim, realmente trata-se de um ponto importante. Só que o alvinegro também não marcou. Isso significa dizer que terá de fazê-lo em Campinas, semana que vem. Nem que seja na cobrança de pênaltis, se no tempo regulamentar o 0x0 permanecer.

Artilheiro do Nordeste no Ipatinga

Foto: Reprodução Internet
Artilheiro do último Campeonato Pernambucano com 18 gols, o veterano Marcelo Ramos, 35 anos, está de clube novo. Ele trocou o Santa Cruz, de Recife, pelo Ipatinga, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Thiago Matias fez o mesmo.

Juventude aposta em "Zé do Gol"

Foto: Site Juventude
O mercado da bola vive dias agitados, com a proximidade do início dos campeonatos brasileiros. Em Caxias do Sul, o Juventude, no Brasileirão da Série B, acaba de anunciar a contratação de... Zé Carlos! Ele mesmo, o "Zé do Gol", revelado pelo Botafogo e com uma passagem discretíssima pelo Flamengo. O atacante, hoje com 34 anos, atuou no próprio clube gaúcho em 2005 com relativo sucesso, marcando gols importantes e agradando a exigente torcida. Resta saber se ainda tem fôlego para aprontar a correria que o caracterizou no início de carreira. Nas últimas temporadas Zé Carlos atuou fora do Brasil. Esteve em Portugal, Chipre e ainda na Grécia.

Atletas do Águia na mira de outros

A boa campanha na Copa do Brasil pode render melhores oportunidades no futebol para os jogadores do Águia Marabá, do Pará. Pelo menos quatro deles estão perto de trocar a equipe por clubes de maior expressão no cenário nacional. O experiente volante Marabá recebeu proposta do São Caetano, que está na Série B do Campeonato Brasileiro. O habilidoso meia Flamel pode se transferir para o futebol potiguar. Já o goleiro Ângelo e o arisco atacante Aleílson também foram sondados por outros times.

Decisão para o Palmeiras no Chile

Foto: Site Palmeiras
Tudo ou nada para o Palmeiras, logo mais, às 21h50, contra o Colo Colo, em Santiago do Chile. Ao time paulista resta apenas uma alternativa: vencer para continuar na Taça Libertadores. Caso não passe para a fase mata-mata, o alviverde será o único clube brasileiro desclassificado na etapa inicial da competição. Grêmio, dono da melhor campanha entre todos os participantes, São Paulo, Sport e Cruzeiro já garantiram presença na seqüência da disputa.

Rodada equilibrada na Copa Rio

Foto: Adílson dos Santos
Terminaram agora há pouco alguns jogos da segunda rodada da Copa Rio. Em casa, o Quissamã ficou no 0x0 com o Boavista (foto acima). Também atuando em seus domínios, o Aperibeense apenas empatou em 2x2 com a Cabofriense. E o Macaé foi ao Recreio dos Bandeirantes e acabou derrotado pelo CFZ por 1x0. Amanhã, às 15 horas, o Americano enfrenta o Fênix, fora de casa. Outros resultados: Tigres 3x2 Friburguense e Sendas 2x2 Volta Redonda. A disputa, em todos os grupos, está muito embolada.

Somália dispensado no Náutico

Foto: Agência Fotocom
Sabe o atacante Somália, um grandalhão que passou pelo Fluminense recentemente? O cara foi contratado pelo Náutico no início do ano, só jogou três partidas e acaba de ter o contrato rescindido. O motivo: passou a maior parte do tempo no departamento médico. Agora ele procura clube para o próximo Brasileirão. Quem se candidataria?

Botafogo pode decidir com time misto

A bruxa parece estar mesmo solta no Botafogo. Já sem Maicosuel para a final de domingo, contra o Flamengo, o time pode ter ainda as ausências de Reinaldo (também machucado) e Thiaguinho, que será julgado amanhã e provavelmente terá de cumprir ao menos mais um jogo de suspensão. Agora eis que surge a possibilidade de um novo desfalque: Emerson, protagonista principal dos dois últimos confrontos com os flamenguistas. Tudo bem que ele fez um incrível gol contra na decisão da Taça Rio e ainda tocou, sem querer, na bola chutada por Williams que empatou o clássico do último final de semana. Porém, fora esses dois lances, absolutamente decisivos, é claro, Emerson teve boa performance. Apesar do mar de calmaria na paradisíaca Saquarema, Ney Franco corre sério risco de voltar ao Rio de Janeiro, no sábado, sem quatro titulares. Se isso ocorrer, o Botafogo encara a finalíssima praticamente com um time misto. O que aumentaria muito o drama para espantar um iminente tri-vice.

Técnico do Fortaleza era jogador veloz

Foto: Site Fortaleza
Sabe quem é o técnico do Fortaleza, adversário do Flamengo hoje à noite pela Copa do Brasil? O ex-atacante Mirandinha, que ficou conhecido no final da década de 70, e principalmente nos anos 80, por sua incrível velocidade. Ele se destacou em clubes como Palmeiras e Botafogo e jogou também no Newcastle, da Inglaterra, entre muitos outros times. Sob seu comando, o Fortaleza já está há 11 jogos sem perder, derrotou o Ceará domingo passado no primeiro jogo da decisão do Campeonato Cearense, e pode conquistar o tri estadual no fim de semana que vem. No elenco, atletas experientes como os veteranos Cleisson e Rodrigo Mendes, ambos ex-Flamengo.

Seis jogos hoje pela Copa do Brasil

Rodada de pegar fogo na Copa do Brasil. Além de Americano x Ponte Preta e Flamengo x Fortaleza, jogos já citados aqui em postagens anteriores, hoje teremos também os seguintes confrontos;

CSA x Coritiba - 20h30 - Rei Pelé (Maceió)
Vitória x Atlético Mineiro - 21h50 - Barradão (Salvador)
Atlético/PR x Corinthians - 21h50 - Arena da Baixada (Curitiba)
Náutico x Internacional - 21h50 - Aflitos (Recife)

Amanhã, mais duas partidas, encerrando a primeira rodada das oitavas:
Vasco x Icasa - 19h30 - São Januário (Rio de Janeiro)
Goiás x Fluminense - 21h30 - Serra Dourada (Goiânia)

Obina: Fortaleza de olho no Fogão

Foto: Agência Estado
Atenção, galera rubro-negra: ele vem aí! Obina, o xodó, deve ser escalado por Cuca desde o início diante do Fortaleza, hoje, às 21h50, em Volta Redonda, pela Copa do Brasil. A intenção é deixar o atacante preparado para a decisão do Campeonato Carioca, domingo, contra o Botafogo. Vale lembrar que, ano passado, Obina marcou o gol da vitória no primeiro jogo e também balançou as redes alvinegras no segundo confronto, o que aumentou ainda mais a idolatria da torcida por ele. Por outro lado, os zagueiros Fábio Luciano e Ronaldo Angelim, e o meia-atacante Zé Roberto serão poupados da partida contra os cearenses.

Americano completo contra a Ponte

Foto: Álvaro Marcos
Sem problemas de suspensão ou contusão, o Americano joga completo contra a Ponte Preta, hoje, às 19h30, em Campos, pela Copa do Brasil. Para o primeiro confronto das oitavas-de-final, o técnico Toninho Andrade manda a campo o seguinte time; Jéfferson, Élson, Carlão e Anderson; Paulo Henrique, Siller, Ernani, Diego Sales, Éberson e Pirão; Kieza. O esquema também continua sendo o 3-6-1. Com quatro gols na competição, Kieza (foto acima) é o principal destaque da equipe. Ele ocupa a vice-artilharia da Copa do Brasil ao lado de Diego Tardelli (Atlético Mineiro), Gilmar (Náutico) e Marcelo Nicácio (Fortaleza). O goleador é Kempes, do Criciúma, com cinco gols.

Camisas do Flamengo em promoção

Aproveitando o bom momento do Flamengo, uma loja credenciada da Nike resolveu fazer uma promoção especial com as camisas do clube. As peças, ainda com o patrocínio da Petrobras estampado, podem ser adquiridas em até 10 vezes sem juros. Veja só aqui.

Macaé encara o CFZ no Rio

Foto: Tiago Ferreira
Com a mesma base que fez boa campanha no Campeonato Estadual, o Macaé tenta surpreender também na Copa Rio, competição que garante ao campeão vaga na Copa do Brasil em 2010. Hoje o time volta a campo para a segunda partida no Grupo B. Na estréia, um decepcionante 0x0 com o Tigres, sábado passado, em Araruama. Nesta quarta-feira o Macaé encara o CFZ, da Segunda Divisão, no estádio Antunes Coimbra, no Recreio dos Bandeirantes, às 15 horas. A escalação é a seguinte; Lugão, Otávio, André e Vinícius; André Gomes, Gedeil, Marciel, Carlos Alberto e Gláuber; Roma e Jackson. Apesar de já ter acertado a renovação de contrato, o lateral esquerdo Bill ainda não está à disposição do técnico Mário Marques.

Quissamã joga em casa hoje

Foto: Álvaro Marcos
O Quissamã volta a campo hoje pelo Grupo C da Copa Rio. Depois de empatar na estréia em 1x1 com o Americano, em Campos, sábado passado, o time recebe o Boavista, às 15 horas, no estádio Antônio Carneiro da Silva, o "Carneirão", em Quissamã. O técnico Paulo Henrique ainda depende da liberação da documentação de três jogadores por parte da Federação de Futebol do Rio de Janeiro para confirmar o time. Se estiverem legalizados, o lateral direito Fred, o meia Renan e o atacante Fabrício entram desde o início. Fred e Fabrício foram emprestados ao Macaé para a disputa do Campeonato Estadual da 1ª Divisão. Renan chegou contratado ao Castelo Branco, clube pelo qual marcou oito gols na Terceirona de 2008. Um dos principais nomes da equipe é o meia Bruno Reis (foto acima), capitão e ídolo da torcida.

Adrenalina pura em Rio das Ostras

O fim de semana promete ser de arrepiar em Rio das Ostras. Domingo, dia três, a partir das 9 horas, em Rocha Leão, tem a 1ª etapa do Campeonato Estadual de Motocross 2009. A cidade vem se firmando nos últimos anos como referência no esporte na região.

Boavista e Tigres reforçam Caxias

Debutante no Campeonato Brasileiro da Série B, o Duque de Caxias resolveu inovar. Na montagem do elenco para a disputa da competição, fez uma espécie de "combinado", contratando 17 jogadores de dois outros times cariocas. Do Boavista, de Saquarema, chegaram nove atletas; o goleiro Vinícius; os laterais Arilson e Paulo Rodrigues; os zagueiros Bruno Costa (ex-Botafogo), Peçanha e Santiago (ex-Vasco); e os volantes Fernando Bob (ex-Fluminense), Mancuso e Thiaguinho. Já o Tigres do Brasil cedeu oito integrantes; o goleiro Marcos Paulo; os laterais Oziel (ex-Botafogo) e Edson; os zagueiros Gustavo e Zé Carlos (ex-Fluminense); os meias Cleiton e Leandro Alves; e o atacante Gilcimar.

terça-feira, 28 de abril de 2009

Aranha e Bilu, armas da Ponte

A delegação da Ponte Preta já está em Campos, onde amanhã enfrenta o Americano, às 19h30, pela Copa do Brasil. O técnico Marco Aurélio promove o retorno do goleiro Aranha e pode lançar o recém contratado meia Bilu.

Washington está agora no Vitória

Foto: Site do Vitória
Lembra do Washington, um atacante que jogou no Americano e no Goytacaz, em Campos, e que também atuou na Portuguesa/SP, Palmeiras e Sport do Recife? O cara agora está no Vitória, da Bahia, treinado por Paulo César Carpeggiani. O time atravessa boa fase. Além de ter vencido o eterno rival Bahia, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Baiano, joga amanhã contra o Atlético Mineiro, às 21h50, no Barradão, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Goytacaz: trabalho começa em maio

Nos próximos dias a movimentação na Rua do Gás promete ser grande. A diretoria do Goytacaz pretende, ainda na primeira quinzena de maio, apresentar oficialmente o ex-zagueiro Célio Silva como gerente de futebol e anunciar também a contratação do treinador que vai comandar o time no Campeonato Estadual da Segunda Divisão. Existe ainda a possibilidade da divulgação do nome dos primeiros reforços da equipe. O treinador pretendido é Toninho Andrade, atualmente no rival Americano. O acerto definitivo depende dos resultados do alvinegro na Copa do Brasil, competição em que está nas oitavas-de-final.

Camisa do Botafogo em promoção

Cada vez mais os membros de departamentos de marketing dos times de futebol atuam em sintonia com os últimos acontecimentos. O pessoal do Botafogo não perdeu tempo e acabou de lançar uma campanha através do site da loja do clube incentivando a compra da camisa oficial, com desconto de R$ 30, antes da decisão do Campeonato Carioca contra o Flamengo, domingo que vem. Logo no alto do anúncio está escrito: "A luta continua! Faltam só 90 minutos".

América apresenta Romário na quinta

Tá lá na página oficial do América: depois de amanhã, quinta-feira, às 10h30, Romário será apresentado oficialmente como parceiro do clube de coração de seu pai, falecido ano passado. De acordo com o repórter Jota Carvalho, no site Papo Esportivo, outra novidade pode ser o anúncio de um grande patrocinador para o time, que este ano disputa o Campeonato Estadual da Segunda Divisão.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Site do Corinthians louva Ronaldo

Foto: Reprodução Site Corinthians
O pessoal da assessoria de comunicação do Corinthians agiu rapidinho. Ao acessar o site do clube, hoje, é possível ver na página inicial uma enorme foto de Ronaldo, de braços abertos. E a seguinte inscrição: "O NOSSO REI". O jogador e a torcida merecem. Não é todo dia que o Timão vence o Santos em uma semifinal de Campeonato Paulista na Vila Belmiro. E com dois gols de Ronaldo. O segundo, a obra-prima que o mundo inteiro vê e revê desde ontem.

Ponte Preta vem com tudo

Foto: Site Ponte Preta
Adversária do Americano, quarta-feira, em Campos, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil, a Ponte Preta está embalada. No último sábado o time derrotou o Barueri por 2x0, no Moisés Lucarelli, em Campinas, e abriu boa vantagem na decisão do título do interior paulista. Agora a equipe pode até perder por um gol de diferença, no fim de semana, fora de casa, que, mesmo assim, ficará com a taça. A escalação da Ponte foi a seguinte; Gílson, Guilherme, Jean, Gum e Marrom; Deda, William, Juan Marchisio (Tinga) e Deivid Dener (André); Danilo Neco e Márcio Mixirica (Marinho). Os destaques pontepretanos foram o zagueiro Gum e o meia-atacante Danilo Neco, autores dos gols, e o goleiro Gílson, que pegou um pênalti cobrado pelo atacante Pedrão (artilheiro do Campeonato Paulista com 15 gols) e fez outras grandes defesas durante os 90 minutos.

Os veteranos do Santo André

Foto: Reprodução
Rodrigo Fabri, 33 anos, é o novo reforço do Santo André para o Campeonato Brasileiro da Série A. Ele será apresentado oficialmente amanhã. A diretoria do clube também sonha com a contratação do lateral direito Cafu, 38 anos, capitão da Seleção Brasileira nas duas últimas Copas do Mundo, que teria demonstrado interesse em voltar a jogar futebol. Vale lembrar que o "Ramalhão", como o Santo André é conhecido, já tem em seu elenco o vetereníssimo Marcelinho Carioca, 38 anos, e o também rodado Gustavo Nery, de 31 anos. De volta à elite nacional, o Santo André estréia em casa, no estádio Bruno José Daniel, dia 10 de maio, contra o Botafogo.

Cruzeiro só espera a taça

Foto: Site do Cruzeiro
Mesmo ainda restando o jogo de domingo que vem, a torcida do Cruzeiro pode comemorar a conquista de mais um Campeonato Mineiro. Os 5x0 no Atlético, ontem, no Mineirão, num incrível repeteco do que aconteceu no ano passado, foram incontestáveis. Aliás, nas arquibancadas os torcedores azuis já cantavam "é campeão" no final do primeiro tempo, que terminou com a vantagem de três gols. Ao Galo resta esperar que, em 2010, a decisão tenha dois clássicos para valer.

Veterano Ramon desequilibra o Ba-Vi

Foto: Site do Vitória
Aos 36 anos, o baixinho Ramon Menezes foi o grande destaque do Ba-Vi de ontem, primeiro jogo da decisão do Campeonato Baiano. Ele fez os dois gols do Vitória, que venceu o eterno rival por 2x1 - o primeiro de cabeça e o segundo cobrando pênalti. A torcida carioca conhece bem Ramon. No Rio de Janeiro ele só não jogou no Flamengo. Teve marcante passagem pelo Vasco, atuou algum tempo no Fluminense e também vestiu a camisa do Botafogo.

domingo, 26 de abril de 2009

Sorte de campeão

Foto: Buda Mendes/Ferj
Parece coisa do além: mesmo quando joga melhor que o rival, o Botafogo não consegue vencer o Flamengo em decisões. Hoje, depois da virada, o alvinegro passou a ter o clássico nas mãos. Poderia ter decidido a partida antes dos 15 minutos do segundo tempo. Teve o chute de Alessandro que Bruno defendeu no chão e a bola, caprichosamente, subiu, beirou o travessão e saiu. Não bastasse, o árbitro Rodrigo Nunes de Sá foi, digamos assim, extremamente complacente com Juan no lance da falta feia em Maicosuel. O cartão vermelho, pela circunstância da jogada e sua seqüência, não seria exagero. E, como dizem que há coisas que só acontecem ao Botafogo, num único lance dois de seus principais jogadores se machucaram seriamente sozinhos: Reinaldo e o inspirado Maicosuel, em grande tarde. Depois que saíram, o time se desmanchou. Foi justamente a partir daí que o rubro-negro, superior apenas nos primeiros minutos, voltou a crescer e encurralar a defesa botafoguense da mesma forma como aconteceu na final da Taça Rio. Coube a Jean Carioca desperdiçar o que seria o terceiro, ao entrar cara-a-cara com Bruno e tocar justamente onde estava o arqueiro. O gol do Flamengo era questão de tempo. E aconteceu aos 39, com o chute de Willians depois de uma atrapalhada disputa com Gabriel e o desvio no azarado Emerson. Resumindo: a sorte esteve, como nunca, do lado flamenguista.

Será mesmo um clássico diferente?

A expectativa geral é de que Flamengo e Botafogo façam daqui a pouco um jogo bem diferente do amarrado clássico disputado há exatamente uma semana, que deu ao rubro-negro o título da Taça Rio. Sem Airton, vetado, Cuca lança o jovem Welinton na defesa, mantendo o sistema com três zagueiros. Acredito que a melhor opção seria Éverton Silva, acostumanto também a atuar como lateral direito. Dependendo do andamento da partida, ele poderia ocupar essa função, dando maior liberdade a Leonardo Moura. Bom, de todo modo, a estrutura do time praticamente não muda. Já o Botafogo precisa, urgentemente, modificar sua maneira de encarar o tradicional rival, de quem virou freguês em decisões nos últimos anos. Aliás, a última final alegre para os botafoguenses diante do Flamengo foi em 1989, com aquele gol histórico de Maurício que pôs fim a um longo jejum. De lá para cá, e já se vão 20 anos, decidir com o pessoal da Gávea virou sinônimo de tristeza incontida e jorro de lágrimas. Ney Franco fez treinos secretos, não revela a escalação e promete novidades. Pelo que li e ouvi, não será surpresa se ele sacar Léo Silva e colocar o beque Wellington, alto e bom nas bolas aéreas. Assim, avançaria a marcação no meio-de-campo com Leandro Guerreiro e Fahel tentando bloquear os lançamentos de Ibson e a movimentação de Kléberson. Por outro lado, o garoto Gabriel pode começar atuando, o que seria uma imprudência. Mesmo se a intenção for explorar sua velocidade nas costas de Leonardo Moura. Continuo achando o Flamengo mais ajustado. Vamos ver se, com a bola rolando, o favoritismo tático vermelho-e-preto se confirma ou não.

O retorno de Braz

Foto: Álvaro Marcos
Dono da camisa 1 do Americano durante alguns anos, o goleiro Braz de repente desapareceu. Ressurgiu, aqui na região Norte Fluminense, em 2007, contratado pelo São João da Barra para o Campeonato Estadual da Terceira Divisão. Ficou no clube também em 2008 e retornou ao Parque Tamandaré quando o Americano começou os preparativos para a atual temporada. Como o titular Jéfferson atravessa grande fase, amargou a reserva quase quatro meses. Ontem, contra o Quissamã, pela Copa Rio, ganhou a oportunidade de atuar novamente desde o início depois de um longo período sem sentir o gostinho de entrar em campo ao lado do restante da equipe e ir direto para debaixo das traves. Não decepcionou. Com defesas seguras, deixou o gramado com a sensação de dever cumprido. Em forma e com a cabeça no lugar, Braz tem vaga em qualquer equipe de médio porte.

Renovada paixão em preto-e-branco

Fotos: Álvaro Marcos
Reza o folclore do futebol campista que o Americano tem pouca torcida, principalmente se comparado ao eterno rival Goytacaz. Realmente os alvinegros não comparecem em massa ao Godofredo Cruz, isso é fato concreto. Na tentativa de mudar essa realidade e também o conceito equivocado de que toda torcida organizada prima pela desordem e baderna, um grupo de jovens criou novas facções do clube de Parque Tamandaré. Os rapazes, aparentando ter entre 20 à 28 anos, no máximo, comparecem em todas as partidas e empurram o time, gritando e incentivando o tempo inteiro. E param por aí. No fim, recolhem as faixas e bandeiras e vão embora civilizadamente, aguardando o novo momento de retornar às arquibancadas. Não tenho notícia dando conta de envolvimento deles em qualquer tipo de confusão. Muito pelo contrário: todos os comentários, até de gente que conhece bem essa realidade, são elogiosos. Tomara que a excelente iniciativa ganhe mais adeptos a cada partida. Seria bonito ver centenas, ou até milhares, de pessoas apoiando o Americano, assim como acontece com o Goytacaz.

sábado, 25 de abril de 2009

O choro de Paulo Henrique

Foto: Álvaro Marcos
Entrevistado no fim do jogo Americano 1x1 Quissamã, na tarde deste sábado, o treinador Paulo Henrique conversava tranqüilamente com o repórter Fernando Antônio, da Rádio Continental de Campos. Em determinado momento, Fernando, velha raposa do jornalismo radiofônico, lembrou ao técnico da passagem dele no futebol campista, há cerca de 30-35 anos atrás, quando chegou a comandar o Goytacaz num Campeonato Brasileiro da 1ª Divisão. Foi o bastante para Paulo Henrique, do alto de sua experiência evidenciada pelos cabelos totalmente brancos, desabar em choro sentimental. O técnico do Quissamã há três temporadas mal conseguia balbuciar um som. Passados alguns instantes, já refeito da forte emoção a qual foi acometido, Paulo citou o também radialista e treinador Pessanha Filho, seu amigo pessoal, e o narrador Sérgio da Matta Tinoco, que, inclusive, transmitiu a partida pela mesma emissora de Fernando Antônio. Pouca gente presenciou a cena, mas valeu a pena tê-la registrado justo em um momento que o futebol é tão racional, com pouquíssimas manifestações emotivas.

Americano e Quissamã iguais em tudo

Fotos: Álvaro Marcos
Americano e Quissamã fizeram um jogo movimentado hoje à tarde no estádio Godofredo Cruz, em Campos, na abertura da Copa Rio. No fim, empate em tudo: 1x1 no placar e uma expulsão para cada lado. Com apenas quatro titulares no gramado, o Americano ficou com 10 jogadores ainda no primeiro tempo, depois que Ernani levou cartão vermelho do árbitro Bruno Cortes. Os gols surgiram apenas na segunda etapa. Ricardo, aproveitando chute cruzado de Maranhão, colocou os visitantes na frente. Aos 29 minutos, o jovem atacante Flávio bateu de fora da área, a bola acertou a trave do goleiro Espíndola e entrou no lado oposto, após correr por quase toda a extensão da meta em cima da linha. No finzinho o lateral esquerdo Rodrigo Melo, do Quissamã, também foi posto para fora do confronto pela arbitragem. Entre as torcidas imperou um clima de cordialidade. Cerca de 100 torcedores do Quissamã prestigiaram a equipe e dividiram um espaço bem ao lado da galera alvinegra. Até o prefeito do município, Armando Carneiro, que é apaixonado por futebol, sentou na arquibancada para acompanhar o time. Quando a bola parou de rolar, alguns torcedores do Quissamã, gratos pela hospitalidade, retribuíram a gentileza e convidaram a torcida do Americano para comparecer ao estádio Antônio Carneiro da Silva, o "Carneirão" na partida de volta, pelo returno da competição.

O Goytacaz e a Copa Rio

Conversando com um dirigente do Goytacaz essa semana tive confirmada uma informação que me foi dada há alguns dias por Arnaldo Garcia, setorista do clube pela Rádio Continental de Campos. O diretor disse que o time não pode participar da Copa Rio por causa de uma punição causada por dívidas com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj), contraídas ainda durante a disputa do Campeonato Estadual da Segunda Divisão do ano passado. O mesmo integrante da cúpula alvianil assegurou, porém, que mesmo sem qualquer impedimento jurídico o time não entraria na competição por falta de recursos financeiros.

Duelo no Norte Fluminense

Foto: Montagem
Logo na estréia da Copa Rio acontece um esperado confronto entre representantes do Norte Fluminense. De um lado o Americano, clube da região de melhores resultados em grandes competições nos últimos anos. Do outro o emergente Quissamã, um novato dotado de boa estrutura e debutante na Segundona nesta temporada. Curiosamente, por muito pouco as duas equipes não disputaram o título da Copa Rio em 2008. Só na última rodada da penúltima fase o Quissamã perdeu a vaga na final para o Nova Iguaçu, que conquistou levantou o caneco em cima do Americano vencendo os dois duelos decisivos. Como está nas oitavas-de-final da Copa do Brasil e quarta-feira recebe a Ponte Preta em Campos, o Americano manda a campo uma equipe mista com apenas quatro titulares. O Quissamã, depois de vários amistosos, só não terá força máxima porque o lateral direito Fred e o artilheiro Fabrício Ernesto permanecem emprestados ao Macaé. No banco de reservas hoje à tarde, uma atração à parte: os técnicos Toninho Andrade e Paulo Henrique. De gerações e estilos diferentes, ambos são respeitados e adorados pelas duas torcidas.

Rola a bola na Copa Rio

Começa hoje uma competição pouco divulgada pela grande mídia, mas muito interessante para os clubes de menor investimento do estado: a Copa Rio. No aspecto financeiro o saldo é desastroso, já que apenas os confrontos das fases finais despertam algum interesse no torcedor. E fora a bilheteria, não há nenhum tipo de compensação econômica. A televisão, atualmente principal patrocinadora do futebol carioca, passa longe. Porém há sempre o lado positivo no aspecto técnico, com a revelação de novos talentos. É de suma importância, ainda, que os "pequenos" disputem um título entre si. Afinal, a torcida do ganhador terá motivos para comemorar muito e soltar o grito de "é campeão!". Além, é claro, da classificação para a Copa do Brasil, esse sim um torneio nacional e de muita projeção tanto para as equipes como para os atletas. Na primeira fase a Copa Rio tem 15 times divididos em três chaves. Dentro do próprio grupo os jogos acontecem em ida e volta. Classificam-se os dois primeiros colocados de cada chave e ainda os dois melhores terceiros colocados, totalizando oito times na próxima fase. A distribuição está da seguinte maneira:

Grupo B - Macaé, Tigres, CFZ, Madureira e Friburguense
Grupo C - Americano, Quissamã, Resende, Fênix e Boavista
Grupo D - Cabofriense, Bangu, Aperibeense, Sendas e Volta Redonda

O Grupo A, no entendimento da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, foi a fase classificatória na qual garantiram vaga Sendas, CFZ, Aperibeense e Fênix.

Outro detalhe bacana é que a Copa Rio tem 10 times da 1ª Divisão, 4 equipes da 2ª Divisão e 1 clube da 3ª Divisão. Isso levando em conta os campeonatos realizados em 2009, ignorando o fato de a Cabofriense ter sido rebaixada para a Segundona de 2010.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

São "Ronaldo" Jorge

Foto: Reprodução/Montagem
Olha, você pode ser corinthiano ou não, gostar do Ronaldo ou não. Só não vale ficar indiferente a essa hilária montagem enviada ao Blog pela fiel leitora Lúcia Caxias, com o "Fenômeno" travestido de São Jorge. Que ficou sensacional, isso ficou. Independentemente de preferências clubísticas.

Valdir, novo lateral do Madureira

Foto: Site Cabofriense
Acabo de ler no Blog Futebol & Manha que o lateral direito Valdir trocou a Cabofriense pelo Madureira. O jogador, de apenas 21 anos, já rodopiou por vários clubes do interior do estado e agora, pela primeira vez, veste a camisa de uma equipe da capital. Revelado pelo Rio Branco, de Campos, Valdir acabou se transferindo ainda muito novo para a Cabofriense. Foi emprestado ao Resende, onde ficou duas temporadas. Jogou no Bangu ano passado, retornou à Cabofriense para disputar a 1ª Divisão esse ano e agora aporta em Conselheiro Galvão indicado pelo técnico Roy, com quem trabalhou no Resende e no Bangu. Veloz e habilidoso, é um lateral promissor.

Coritiba aposta em René Simões

Foto: Site Coritiba
O boa-praça René Simões está de volta ao Coritiba, clube pelo qual conquistou o Campeonato Brasileiro da Série B em 2007. Ele assume no lugar do competente Ivo Wortmann, demitido após a derrota de 1x0 para o Iraty, pelo Campeonato Paranaense, domingo passado. Identificação com o clube não falta a René, adorado pela torcida. Resta saber se, em campo, os resultados vão aparecer. Em tempo: o jogador mais conhecido do elenco é Marcelinho Paraíba, que recentemente trocou o Flamengo pelo "coxa-branca".

Americano joga primeiro em casa

A exemplo do que aconteceu nas fases anteriores, o Americano vai decidir a classificação para as quartas-de-final da Copa do Brasil fora de casa. Agora há pouco, na sede da CBF, foram sorteadas as ordens dos confrontos das oitavas. O primeiro jogo entre Americano e Ponte Preta será no meio da próxima semana (dia 29 ou 30) no estádio Godofredo Cruz, em Campos. E o segundo confronto acontece dia seis ou sete de maio, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Corinthians, Internacional, Atlético Mineiro e Fluminense se deram bem e vão decidir a vaga em casa. Já o Flamengo encara o Fortaleza primeiro no Rio e depois no Ceará. O Vasco também recebe os cearenses do Icasa em São Januário para depois ir até Juazeiro do Norte. Veja como ficou:

Jogos de ida (29 e 30 de abril)

Atlético/PR x Corinthians

CSA x Coritiba

Vasco x Icasa

Vitória x Atlético/MG

Goiás x Fluminense

Americano x Ponte Preta

Flamengo x Fortaleza

Náutico x Internacional

Jogos de volta (6 e 7 de maio)

Corinthians x Atlético/PR

Coritiba x CSA

Icasa x Vasco

Atlético/MG x Vitória

Fluminense x Goiás

Ponte Preta x Americano

Fortaleza x Flamengo

Internacional x Náutico

Copa do Brasil: zebra na semifinal

Uma coisa é certa nesta Copa do Brasil, tão surpreendente quanto as outras: uma semifinal da competição será disputada por Americano, Ponte Preta, CSA ou Coritiba. Já nas oitavas de final, Americano e Ponte Preta se enfrentam, a exemplo de CSA e Coritiba. E quem passar de fase de um confronto encara o ganhador da outra eliminatória. Ou seja, desses quatro times, dois estarão nas quartas-de-final e um deles chega às semifinais. Isso quer dizer que pelo menos três dos seis gigantes do futebol brasileiro que ainda sonham com o título - Flamengo, Fluminense, Vasco, Atlético Mineiro, Corinthians e Internacional - ficarão atrás de um dos quatro azarões.

Um campista no Águia Marabá

É com certo atraso que faço esse registro. Na última quarta-feira, já no segundo tempo, o treinador do Águia Marabá pôs em campo o atacante Bruno Rangel, camisa 18. Para quem não se lembra ou não sabe, ele é campista e foi revelado pelo Goytacaz. Aqui na região, jogou ainda no Americano e no Macaé. Em 2006 Bruno Rangel brilhou no Ananindeua, também do Pará. Passou ainda por Bonsucesso, do Rio de Janeiro, e Baraúnas, do Rio Grande do Norte, antes de chegar ao Águia.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Maicon, o ponta

Foto: Ricardo Ayres/Agência Photocamera
O Fluminense penou para derrotar o Águia Marabá, ontem à noite, no Maracanã. E só chegou aos gols quando, efetivamente, passou a atacar pelas pontas. Indiscutivelmente o personagem da noite foi o garoto Maicon (esse da foto aí em cima). Além de marcar duas vezes, ainda deu o passe para o terceiro gol. Agora, cá para nós, os bandeirinhas destruíram pelo menos quatro ataques do Águia marcando impedimentos inexistentes em lances perigosíssimos. Não fossem esses erros gritantes, a história do jogo poderia ser outra bem diferente.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Aperibeense 10x2 Campo Grande

Parece incrível, mas aconteceu agora há pouco em Aperibé: pela última rodada da fase de classificação da Copa Rio, o Aperibeense goleou o Campo Grande por 10x2. Entre clubes profissionais, faz tempo que não ouço falar de uma equipe marcar 10 gols em um único jogo.

Todo cuidado é pouco, Flu!

Foto: Agência Photocamera
Sem Thiago Neves, infantilmente expulso no primeiro jogo depois de agredir o gandula com uma bolada, e Conca, machucado, o técnico Parreira está em maus lençóis no Fluminense. Teve de recorrer a um meio-de-campo totalmente diferente em nomes e características para o decisivo jogo de logo mais com o Águia Marabá, no Maracanã. O treinador vai lançar desde o início o arisco Tartá, muito mais atacante do que meia, propriamente, e Marquinho, que, definitivamente, não me convence. É provável que Parreira opte por uma formação, na prática, bastante ofensiva, com Tartá e Éverton Santos ocupando os lados do campo na tentativa de abrir a defesa adversária, previamente escalada com três zagueiros. Desta maneira Fred ficaria centralizado, contando com a aproximação de Marquinho e Maurício, o segundo volante tricolor. Apesar da discrepância entre os dois elencos, é prudente o Flu se cercar de alguns cuidados. Em Belém o Águia deixou evidente seu estilo predileto: a velocidade do contra-ataque. Melhor para o Fluminense seria abrir logo o marcador, de preferência ampliando a vantagem ainda no primeiro tempo. Quanto mais tempo o gol demorar a sair, maior o nervosismo. E quando a ansiedade em decidir alcança níveis elevados, o tiro pode sair pela culatra. Bom lembrar que o Águia joga por um empate. E se balançar a meta de Fernando Henrique vai causar um reboliço dos diabos.

Os "feras" do Águia Marabá

Alguém conhece esses sorridentes rapazes da imagem aí de cima? Então o Mumunha apresenta a vocês Analdo e Aleilson, destaques do Águia Marabá, adversário do Fluminense logo mais, no Maracanã. O próprio Carlos Alberto Parreira elegeu o meia Analdo (sem o érre mesmo), 29 anos, como o melhor em campo no jogo de ida, em Belém - vitória do Águia por 2x1. Já o arisco Aleilson, 22 anos, marcou o primeiro gol no Pará logo a um minuto de partida. Os tricolores torcem para a dupla não aprontar de novo hoje, no Rio de Janeiro. O Fluminense se classifica para a próxima fase da Copa do Brasil com uma vitória simples de 1x0. Mas estará eliminado ao ganhar por um gol de diferença com o Águia marcando ao menos dois gols (3x2, 4x3...), se empatar ou caso perca novamente.

Vou de Kombi: cabe todo mundo

Passeando ontem à noite pela internet descobri um blog esportivo muitíssimo divertido, o Vou de Kombi. O "dono" do espaço se identifica como Chico da Kombi, baiano de Valente, residente em Irecê, botafoguense e kombeiro. Vale a pena dar um pulo na página.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Valeu, blogueiros

Queria agradecer ao pessoal do Sociedade Blog, Aspectos 2.9, Bom Memórias e Judô Campos pelos links do Mumunha. Obrigado, pessoal. Vamos que vamos!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

De roupa nova

Foto: Genílson Pessanha
Bacana a nova linha de uniformes do Quissamã, lançada semana passada. O time agora passa a ter cinco opções para entrar em campo. Particularmente, gostei mais da camisa azul com listras verticais brancas. Sábado que vem, dia 25, a equipe estréia na Copa Rio contra o Americano, no estádio Godofredo Cruz, em Campos.
Descontração total

Chico de Aguiar, craque do jornalismo e vascaíno roxo, manda por e-mail ao Blog as "pérolas" futebolísticas abaixo. É de chorar de rir. Leiam só:

'Chegarei de surpresa dia 15, às duas da tarde, vôo 619 da VARIG.' (Mengálvio, ex-meia do Santos, em telegrama à família quando em excursão à Europa)

'Tanto na minha vida futebolística quanto com a minha vida ser humana.' (Nunes, ex-atacante do Flamengo, em uma entrevista antes do jogo de despedida do Zico)

'Que interessante, aqui no Japão só tem carro importado.' (Jardel, ex-atacante do Grêmio)

'As pessoas querem que o Brasil vença e ganhe.' (Dunga, em entrevista ao programa Terceiro Tempo)

'Eu, o Paulo Nunes e o Dinho vamos fazer uma dupla sertaneja.' (Jardel, ex-atacante do Grêmio)

'O novo apelido do Aloísio é CB, Sangue Bom.' (Souza, meio-campo do São Paulo, em uma entrevista ao Jogo Duro)

'A partir de agora o meu coração só tem uma cor: vermelho e preto.' (Jogador Fabão, assim que chegou no Flamengo)

'Eu peguei a bola no meio de campo e fui fondo, fui fondo, fui fondo e chutei pro gol.' (Jardel, ex- jogador do Vasco e Grêmio, ao relatar ao repórter o gol que tinha feito)

'A bola ia indo, indo, indo... e iu!' (Nunes, jogador do Flamengo da década de 80)

'Tenho o maior orgulho de jogar na terra onde Cristo nasceu.' (Claudiomiro, ex-meia do Inter de Porto Alegre, ao chegar em Belém do Pará para disputar uma partida contra o Paysandu, pelo Brasileirão de 72)

'Nem que eu tivesse dois pulmões eu alcançava essa bola.' (Bradock, amigo de Romário, reclamando de um passe longo)

'No México que é bom. Lá a gente recebe semanalmente de 15 em 15 dias.' (Ferreira, ex-ponta esquerda do Santos)

'Quando o jogo está a mil, minha naftalina sobe.' (Jardel, ex-atacante do Vasco, Grêmio e da Seleção)

'O meu clube estava a beira do precipício, mas tomou a decisão correta, deu um passo a frente.' (João Pinto, jogador do Benfica de Portugal)

'Na Bahia é todo mundo muito simpático. É um povo muito hospitalar..' (Zanata, baiano, ex-lateral do Fluminense, ao comentar sobre a hospitalidade do povo baiano)

'Jogador tem que ser completo como o pato, que é um bicho aquático e gramático.' (Vicente Matheus, eterno presidente do Corinthians)

'O difícil, como vocês sabem, não é fácil.' (Vicente Matheus)

'Haja o que hajar, o Corinthians vai ser campeão.' (Vicente Matheus)

'O Sócrates é invendável, inegociável e imprestável.' (Vicente Matheus, ao recusar a oferta dos franceses)


domingo, 19 de abril de 2009

Para mim, foi na bola
Difícil acreditar em teoria da conspiração nesta final de Taça Rio. Ouvi durante a semana e li agora há pouco a mesma ladainha, que dava conta de uma possível "armação" para que o Campeonato Carioca não fosse decidido hoje. Como argumento básico, o fato de que os dois clubes não desprezariam a arrecadação de mais dois jogos com Maracanã lotado e uma expectativa de que, no total das duas partidas, a venda de ingressos somasse R$ 3 milhões. Realmente é um dinheiro interessantíssimo para os combalidos cofres cariocas. Apesar disso, continuo batendo na tecla do post anterior, à disposição dos leitores logo abaixo aqui no Mumunha, colocado no ar antes do apito inicial desta tarde. Para mim, longe de acordos meticulodos e mirabolantes por debaixo dos panos, o Flamengo foi melhor e mereceu vencer. Se este humilde blogueiro de Campos dos Goytacazes enxergou com antecedência as nítidas fraquezas botafoguenses, imagine o técnico Cuca! Longe de querer entrar em polêmica ou ser "adivinho da bola", me parece muito mais lógica uma análise detalhada dos dois times do que tentar descobrir manobras extraordinárias. Taticamente, o Flamengo é muito melhor arrumado. Além de usar e abusar de sua eficiente jogada lateral - seja a direita ou a esquerda - tem mais gente no meio-de-campo. Significa dizer que permanece com a bola no pé a maior parte do tempo, sempre ganha o rebote da defesa oposta e, vira-e-mexe, algum jogador aparece totalmente livre para receber o passe já na intermediária adversária. Dono de um poderoso trio ofensivo, mas sem criatividade no meio e com falhas gritantes na marcação de seus alas, ao Botafogo resta mudar o esquema nos dois próximos fins de semana. Uma opção seria trocar algum zagueiro por Túlio Souza ou Renato desde o início. Caso insista no 3-4-3 jogando a bola direto da defesa para o ataque, cairá na mesma armadilha. Daí a amargar mais um vice-campeonato, será um pulo.
O Flamengo é franco favorito
Não creio que Flamengo e Botafogo entrem em pé de igualdade na decisão de hoje. No quesito emocional, o alvinegro perde de goleada. Vamos aos pontos: nas últimas decisões, só deu Flamengo. E nas finais dos Campeonatos Cariocas de 2007 e 2008 as jogadas laterais, exatamente o ponto mais forte do rubro-negro, jamais conseguiram ser neutralizadas. Isso se tornou um verdadeiro tormento para a defesa botafoguense que, assim como nas temporadas anteriores, tem incrível fragilidade na marcação pelos lados do campo. Conhecedor como ninguém do problema, o técnico Cuca, agora do lado oposto, certamente investirá pesado nisso. O treinador tem em mãos, ainda, uma maneira poderosa para neutralizar o poder de fogo do adversário: colar Willians em Maicossuel o jogo inteiro. Se o camisa 10 do Botafogo não conseguir espaço, boa parte da artilharia pesada do time cai por terra. São justamente dos pés de Maicossuel que saem as principais jogadas da equipe, seja a sua fortíssima arrancada ou os gols que anda fazendo. Acredito que sentimentalmente e taticamente o Flamengo esteja bem melhor preparado. Ao Botafogo, resta domar os nervos e a pressão para definir logo a competição com uma vitória hoje, fechar as brechas para infiltrações de Léo Moura e Juan, evitar os lançamentos de Ibson e arrumar um jeito de Maicossuel continuar sendo decisivo. Ou seja: a tarefa do Botafogo é muito, muito, muito mais complexa.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Primeira decisão
É notória a empolgação da torcida e o foco no clássico decisivo de domingo, contra o Flamengo. Mas os botafoguenses devem lembrar que hoje também há um confronto com ares de dramaticidade e que vale classificação. Falo do jogo com o Americano, pela segunda fase da Copa do Brasil. E o Botafogo precisa vencer por 1x0 ou por dois gols ou mais de diferença para seguir na competição. O oba-oba da final do fim de semana pode atrapalhar os planos para a noite desta quinta-feira. Bom abrir o olho.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Foto: Site Ferj
Bola da discórdia
Uma exposição no Bangu Shopping, Rio de Janeiro, tem o intrigante tema: "Você sabia? O futebol no Brasil surgiu em Bangu". O jornal O Globo, em seu caderno voltado para a Zona Oeste, publicou que a mostra teria a colaboração da Federação de Futebol do Estado do Rio. A entidade, por sua vez, nega qualquer participação.
Foto: Globoesporte.com
Rei da encrenca
Lembra desse jogador aí de cima? Chegou ao Fluminense com fama de encrenqueiro e saiu do clube sem que ninguém percebesse. É o atacante Ciel. Bem, essa semana ele teve outro revés na carreira: foi dispensado pelo América de Natal. Na noite de segunda-feira se envolveu em uma confusão com uma garota de programa e parou na delegacia da capital potiguar. Imediatamente os dirigentes do clube, cansados dos atos de indisciplina, rescindiram o contrato de Ciel. Leia tudo sobre o caso bem aqui.

terça-feira, 14 de abril de 2009

De roupa nova
Nesta quarta-feira o Quissamã apresenta seus novos uniformes para a histórica temporada 2009, ano em que a equipe disputa, pela primeira vez, o Campeonato Estadual da Segunda Divisão do Rio de Janeiro. Agora a fornecedora dos materiais esportivos é a Trivella. O clube terá 140 camisas e calções; 160 pares de meiões; 10 camisas, calças e bermudas para goleiro; 100 coletes para treinamentos; 72 camisas e calções poliéster; 36 bermudas térmicas para jogos; 60 camisas, bermudas, agasalhos e bolsas de viagem; 120 pares de meia soquete; e 60 bonés de divulgação.
Foto: Montagem
São parentes?
Tirando a barba e a idade, vê só se Paulinho Criciúma e Jean Coral (o novo atacante do Botafogo) não se parecem? Poderiam ser pai e filho, não é? As coincidências não se resumem ao estilo do cabelo e a cor da pela. Os dois despontaram no Criciúma, de Santa Catarina. Paulinho, o mais velho, fez história com a camisa alvinegra. Se nisso eles forem semelhantes também, bom para a torcida botafoguense.