segunda-feira, 31 de março de 2008

Foto: Globo Esporte
O delegado, não!
Vá lá: Antônio Lopes tem uma extensa folha de serviços prestados ao Vasco. Conquistou títulos importantes, e desde aquela decisão memorável com o Flamengo em 1982. Lá se vão 26 anos. Pouco mais de um quarto de século. Depois desse tempão todo e de muitas idas e vindas - justiça seja feita, com alguns belos títulos conquistados - eis que o nome do ultrapassado delegado da polícia civil, dublê de treinador de futebol, surge novamente para apagar o incêndio em São Januário. É a política do umbigo mais uma vez prevalecendo no clube, campeão em apresentar "soluções milagreiras" para seus problemas mais concretos. Esse ano parece que o Eurico Miranda quer se superar. Primeiro inventou Romário como técnico. Quando o baixinho saiu, o limitadíssimo Alfredo Sampaio ocupou a vaga. Agora uma derrota para o Volta Redonda, num jogo que não valia absolutamente nada, é capaz de provocar nova turbulência. Pode ter o dedo, e até a mão, de Edmundo. O que só comprovaria a tese de que o Vasco é o clube da mãe, ou melhor, da avó, Joana. A Joana, no caso, é o próprio presidente, que manda e desmanda, a seu critério. Uma pena.

domingo, 30 de março de 2008

Foto: Maurício Val/VipcommEscorregão sem arranhão
A derrota do Vasco por 2x1 para o Volta Redonda, de virada, hoje à tarde em São Januário, representou o que em matemática se chama múltiplo de zero. Traduzindo= nada x nada. Com a classificação às semifinais muito bem encaminhada antes mesmo de o Campeonato Carioca começar, restou aos quatro grandes apenas confirmar o que todos já imaginavam acontecer com o regulamento desta temporada. Como só ficaria sem a vaga por um desses milagres milenares, o Vasco pôde se dar ao luxo de perder em casa. O problema maior da equipe é a extrema fragilidade técnica e tática, evidenciada nos clássicos. Nos três disputados até agora, só derrotas (3x2 para o Botafogo, 2x1 para o Flamengo e 2x1 para o Fluminense). A manutenção do retrospecto 100% negativo na fase derradeira significa o adeus ao título regional, em mais uma temporada, sem sequer chegar à decisão de um turno. Por outro lado, duas vitórias sobre os rivais põem o Vasco na grande final. Favorito, o cruzmaltino não é. Corre bem por fora, como azarão.
Foto: Márcia Feitosa/Fotocom
Igual ao vovô mesmo
A imagem mais recorrente de um avô é a de um homem grisalho, calção folgado, blusa de pijama e esparramado no sofá comendo biscoito com café. O retrato da tranqüilidade de quem já suou, batalhou pela vida, educou os filhos e agora desfruta de merecida calmaria. Pois foi mais ou menos esse o panorama de Botafogo 3x1 Fluminense, hoje à noite, no Maracanã. Os dois times já classificados, o Fluminense com 10 reservas em campo, coisa e tal, tal e coisa. O "clássico vovô" fez inteiro jus ao apelido. A maior emoção foi o gol de Jorge Henrique, no finalzinho, e um certo ar de discussão se a bola entrou ou não entrou. Tipo quando um pedaço da bolacha do vovô cai na poltrona e a gente não sabe se caiu, mesmo, ou se ele jogou para chamar a atenção.
Foto: Paulo Sérgio/FotocomCampanha contraditória
Tal qual Robin Hood, o anti-herói que roubava dos ricos para ajudar aos pobres, é a performance do Madureira no Campeonato Carioca 2008. Venceu o Vasco por 2x1, logo na primeira rodada da Taça Guanabara; derrotou o Botafogo pelo mesmo placar, ainda no primeiro turno da competição; e ontem empatou em 0x0 com o Flamengo. Falta aprontar só para cima do Fluminense, fim de semana que vem. E mesmo nas atuais circunstâncias, em que os grandes só jogam em casa. O incrível da história é que o Madureira consegue façanhas ainda mais espetaculares às avessas, como perder para o lanterna América por 2x0, dentro de Conselheiro Galvão.
Foto:Álvaro Marcos/Usina de NotíciasSanto forte
A carcaça que Ivanildo Cordeiro, presidente da Fundação Municipal de Esportes, tem para enfrentar os “paredões” da política de Campos é de dar inveja ao Rafinha, campeão do Big Brother Brasil 8. Primeiro se desentendeu com Paulo Feijó, seu antigo guru, e por quem foi indicado ao cargo. Sobreviveu, com o irrestrito apoio dos vereadores Álvaro César, Aílton Tavares e Nildo Cardoso, seus fiéis escudeiros – e que temem a candidatura de Feijó à Câmara nas eleições de outubro. Na seqüência, o próprio Feijó pediu ao então prefeito, Alexandre Mocaiber, para tirá-lo do poder. O alcaide respondeu que assim o faria se fosse um desejo do partido (no caso, o PSDB). Segunda vitória de Cordeiro, sempre escoltado pelos três vereadores. Houve, então, a acareação com Feijó na frente de José Camilo Zito, presidente estadual dos tucanos, no Rio de Janeiro. Nova sobrevida a Ivanildo, que saiu fortalecido. Recentemente, até Mocaiber caiu. Mas Cordeiro, que pelo visto tem um telhado de aço, continua à frente do esporte campista e, agora, com a chancela do prefeito em exercício, Roberto Henriques. De vitória em vitória, o placar já aponta 4x0 em cima dos desafetos. Apesar da falta de experiência em cargos públicos e de uma série de tropeços durante a gestão, conseguiu firmar um convênio com a Vivo, de pouco mais de R$ 600 mil, para reformar a sucateada sede da Fundação, que mais parece um prédio bombardeado do Iraque. No campo administrativo, falta agora Ivanildo Cordeiro mostrar a mesma eficiência para liberar recursos. A Fundação deve a muita gente, e a grana é preta. Saravá, misifio.


sábado, 29 de março de 2008

Fotos: Álvaro Marcos/Usina de Notícias


Tim-tim em rosa e preto
Meus amigos Sérgio Manhães e Arnaldo Garcia inauguraram neste sábado o bar do Clube Esportivo Rio Branco. Um espaço democrático e aberto, acima de tudo, à boa conversa. Funciona, à princípio, aos sábados e domingos, das 9h às 18h. Muitas novidades vão pintar na seqüência, algumas delas inéditas na região, e a gente vai divulgar aqui. Sucesso aos dois queridos companheiros nesta nova empreitada! Estamos juntos.
Foto: Site do Treze
Sena no Treze
Leandro Sena, natural de São João da Barra, está no Treze da Paraíba. Depois de três anos no América de Natal (onde chegou a ser eleito o craque da Série C de 2005), o meia teve uma passagem-relâmpago pelo Volta Redonda e se transferiu novamente para o Nordeste do país, onde é ídolo. Bom de bola, Leandro Sena é titular absoluto do Treze. Polivalente, joga também na ala-esquerda e no ataque. Em Campos, teve passagens por Goytacaz e Americano. Com 31 anos, ainda tem muita bola para jogar.
Foto: Gaspar Nóbrega/Site da CBB
Força, Michelle!
O esporte nem sempre é feito de alegrias e conquistas. A loirinha aí de cima é a pivô Michelle Splitter, 18 anos, da Seleção Brasileira de Basquete Feminino. Desde a última terça-feira ela está internada em uma clínica de Campinas por causa de complicações decorrentes da leucemia, doença contra a qual luta há quatro anos. Há alguns dias estava tudo bem com Michelle, que fez parte do grupo que esteve em Cuba, realizando uma série de amistosos contra o selecionado local. A jogadora é irmã do grandalhão Tiago Splitter, um dos astros do basquete brasileiro. A torcida, agora, é pelo pronto restabelecimento do estado de saúde da atleta.

sexta-feira, 28 de março de 2008

Musas do futebol brasileiro

Foto: Jornal O Globo
Memória da "latinha"
O crescimento da paixão pelo futebol, especialmente pelo do Rio de Janeiro, se deve, e muito, ao rádio. A Suderj, que já homenageia os craques da bola na "Calçada da Fama", no térreo do Maracanã, agora também vai saudar os profissionais que levaram e levam a emoção dos jogos através das transmissões esportivas. Nesse domingo, dia 30, às 15h30, antes do clássico Botafogo x Fluminense pela Taça Rio, será inaugurado o "Espaço Armando Nogueira", localizado na Tribuna de Imprensa do estádio, que, a partir de abril, passará a integrar também o roteiro de visitação aberto ao público. Armando Nogueira, que estará presente, vai repassar para a Suderj os direitos de uso da poesia “Maracanã”, que ele escreveu para o estádio. A obra ficará exposta no local, gravada em uma placa de acrílico. Também haverá fotos de vários radialistas eleitos, em 2004, por um júri formado por profissionais de imprensa, como os “Notáveis do Rádio” de todos os tempos. A relação dos mais votados, por ordem alfabética, é:
Antônio Cordeiro, Ari Barroso, Benjamin Wright, Carlos Marcondes, Celso Garcia, Clóvis Filho, Denis Menezes, Doalcei Camargo, Iata Anderson, João Saldanha, Jorge Curi, José Cabral, José Carlos Araújo (foto acima), Kléber Leite, Luiz Fernando Vassalo, Luiz Mendes, Luiz Penido, Mário Vianna, Oduvaldo Cozzi, Orlando Baptista, Ronaldo Castro, Ruy Porto, Waldir Amaral, e Washington Rodrigues.
Bacana, muito bacana mesmo.
Foto: Maurício Val/ VipcommAcredita na queda?
Vitória esperada do Vasco sobre o América. Surpreendeu até ter sido só 2x0 e com os gols (de Leandro Bonfim e Jean) terem sido marcados apenas depois dos 20 minutos do segundo tempo. Sei não, mas tô achando que o América não cai, apesar de mais um insucesso e de "ostentar" a lanterninha do Cariocão 2008 desde a primeira rodada da Taça Guanabara. Com seis pontos, pega o Mesquita em casa, na próxima rodada. Vencendo, vai a nove e já ultrapassa o próprio Mesquita. Dependendo do resultado de Cardoso Moreira e Cabofriense, o "Mequinha" pode até escapulir da zona de rebaixamento. Basta o Cardoso perder, o que, dentro das circunstâncias, é improvável - a Cabofriense não aspira mais nada no campeonato porque já está classificada para a Série C, tem pontos suficientes para não cair, não chega à semifinal da Taça Guanabara e está fora da briga pela vaguinha na Copa do Brasil 2009. Porém, e os "poréns" são bem vindos no futebol, jogo é jogado, já dizia o poeta. Portanto, o América tem tudo para conseguir o milagre da permanência na primeirona. Ah, vale lembrar que, depois, ainda tem a última rodada. Os confrontos são os seguintes; Friburguense x América, Resende x Cardoso Moreira e Mesquita x Duque de Caxias.
Sacanearam o Cardoso
Que o Botafogo é um dos melhores times em termos de aproveitamento no Brasil neste início de temporada, quase ninguém discute. Saiu essa semana no Lance! que o time tem o melhor ataque do país (junto com o Goiás), coisa e tal. Que o Campeonato Carioca foi feito para os quatro grandes disputarem as semifinais dos turnos, também há pouca gente a se manifestar contra. Que o Botafogo tem um time infinitamente superior ao Cardoso Moreira, não há nem o que falar. Agora, aqui para nós, o juiz ajudou pra caramba o alvinegro carioca na noite dessa quinta-feira. Primeiro que a expulsão do Pandora, logo com um minuto de jogo, foi de um rigor incomum. Um cartão amarelo resolveria a parada, na pior das hipóteses. E outra: o único gol do jogo foi marcado em um impedimento cabeludo. Nem o Botafogo, e muito menos o frágil Cardoso, precisavam disso.
Foto: Site UOLA casa não caiu, Casão

Por Sérgio Xavier

Walter Casagrande Júnior é um fenômeno. Na peneira cruel do futebol, poucos são retidos pelas tramas do sucesso. Casão foi um deles. Conseguiu ser ídolo no gigante Corinthians, para não falar de São Paulo, Porto, Ascoli, Torino e Flamengo. A parada de um craque costuma ser ainda mais ingrata. Geralmente, é ladeira abaixo. Casagrande contrariou a lógica depois de pendurar as chuteiras. Ao se tornar comentarista, ficou ainda maior. Se como jogador foi um dos 20, 30 de seu tempo, como analista de futebol chegou ao topo. Ao lado de Paulo Roberto Falcão, forma a linha de frente da TV Globo.

Só por isso Casagrande já mereceria a atenção especial da Placar. Ele estampou 18 vezes nossa capa. Pelos gols, pelas frases, pelas atitudes. Casagrande contrariava o senso comum. Para ele, tão importante quanto dar alegrias ao torcedor era se posicionar como cidadão. A favor da liberdade, contra a ditadura em que o país ainda estava metido naquele início dos anos 80. Ele foi linha de frente da Democracia Corintiana, o movimento que aboliu a concentração e injetou o debate franco nos vestiários.

O personagem público, no entanto, sempre escondeu as fragilidades do ser humano. Casagrande tentou acomodar em uma mesma carcaça o profissional de futebol e o garoto que queria viver a vida. Treinos nunca combinaram com álcool, baladas, shows de rock e diversão sem limite.

Quando virou comentarista, o caos pessoal se acentuou. Muito dinheiro no bolso, pouca cobrança profissional e uma entourage sempre pronta para apagar os incêndios. Quando se atrasava ou simplesmente faltava aos compromissos, sempre havia um amigo para resolver a parada. Sim, porque Casagrande é, antes de tudo, um sujeito fascinante. Boa conversa, coração grande, caráter enorme. Na Copa de 2002, por exemplo, teria pegado o locutor Galvão Bueno pelo colarinho. O motivo: em um ataque de fúria, Galvão teria tratado mal funcionários da Globo e Casão teria tomado as dores dos subalternos.

O sujeito legal só não era legal com ele mesmo. Mesmo com hepatite, bebia. Perdia peso e a consciência de seus problemas. Estava longe da família, sobretudo dos três filhos. Talvez o capotamento do Cherokee possa ajudar Casagrande a colocar suas rodas no chão. É muito talento para se perder em uma viagem sem rumo e sem sentido.


quinta-feira, 27 de março de 2008

Foto: Site oficial da Fórmula 1Cheiro de encrenca
A rodada que tirou Felipe Massa do GP da Malásia de Fórmula 1, domingo passado, não teria sido causada por um problema técnico na Ferrari. A informação foi dada por um porta-voz da escuderia. Desta forma, a equipe confirma que o erro foi do próprio piloto, que ainda não marcou pontos em 2008.
O representante italiano foi enfático: "o carro estava ok, não havia qualquer problema", informou ao jornal alemão Sport Bild. Massa continua afirmando que não errou. O chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, entrou no circuito e tenta acalmar os ânimos da primeira grande bulha da temporada. Ele disse confiar na recuperação do piloto. A próxima etapa é o GP do Bahrein, dia seis de abril. Seria um indício de que Massa não continua pilotando o carrinho vermelho ano que vem?

quarta-feira, 26 de março de 2008

Foto: Márcia Feitosa/FotocomUm abraço, Marcinho!
Quem chegou de mansinho ao Flamengo e está gastando a bola é o Marcinho. Agora ele virou até artilheiro e vem deixando dois em vários jogos. Aconteceu de novo agora há pouco, no Maracanã, na goleada de 4x1 sobre a Friburguense. Não é por acaso que Joel Santana desistiu, pelo menos por enquanto, de começar com Souza e Diego Tardelli na frente. Rápido, arisco e habilidoso, Marcinho, com o pé na forma, tem vaga garantida no time.
Foto: Márcia Feitosa/FotocomNão deu, coração!
Washington tentou de tudo, contou com a colaboração dos companheiros, mas, definitivamente, não era o seu dia. O Fluminense fez 4x1 no Mesquita, garantiu a classificação às semifinais, passeou em campo, só que o "coração valente" passou em branco. Ele fez o diabo para balançar as redes e protagonizou um lance incrível: furou uma cabeçada quase em cima da linha e viu a bola tocar em seu calcanhar na volta do travessão. Para completar, recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Botafogo, do seu concorrente à artilharia Wellington Paulista, no próximo domingo. Renato Gaúcho já tinha avisado que, em caso de vaga antecipada, lançaria o time reserva no clássico. Era até uma boa oportunidade para Washington jogar e tentar igualar de novo o escore particular com o atacante alvinegro. Fica para a próxima. O fato é que, atuação de hoje à parte, Washington é um dos melhores centroavantes do futebol brasileiro e goza de imenso prestígio com a torcida tricolor.
Foto: Site da Ferj
Perto de duas vagas
Essa comemoração efusiva aí é do Madureira. A vitória de 2x1 sobre o Duque de Caxias, hoje à tarde, em Conselheiro Galvão, deixou o tricolor suburbano muito perto de duas competições nacionais: a Copa do Brasil 2009 e a Série C do Brasileirão desta temporada. Com 22 pontos na soma dos dois turnos, o Madureira é o "pequeno" melhor colocado. E, desta forma, se o Campeonato Carioca terminasse agora, seria o classificado para as disputas. Vale ressaltar que o time já disputa a Copa do Brasil deste ano. E está na segunda fase, depois de eliminar o ABC, nos pênaltis, lá em Natal. O próximo adversário é o Juventude, de Caxias do Sul. Pena que o regulamento do Cariocão, com os grandes jogando sempre em casa, não dá a menor brecha para um intruso nas semifinais.
Fotos: Site da CBF
De Pato ele não tem nada
Joguinho chato pra caramba esse da Seleção Brasileira hoje com a Suécia. Parecia que os jogadores estavam cumprindo um compromisso formal e sem a menor vontade de estar ali. Valeu por duas coisas: o uniforme, bonito à beça, e o gol de Alexandre Pato. O garoto somou esperteza, agilidade e habilidade no lance. Duro, duro mesmo, é ouvir o Dunga depois. Aliás, antes também. Primeiro disse que só ia observar os atletas com idade olímpica dependendo das circunstâncias do jogo, como se fosse uma partida em que se tem de primar pelo resultado. Depois quis dar uma de centrado e disse que o Pato não é craque ainda. Talvez queira evitar os holofotes em cima do garoto, como se fosse possível. Ou, caso contrário, acha isso mesmo. Bem, seja como for, a garotada Sub-23 acabou entrando e dando um pouquinho mais de correria à monotonia do amistoso.
Foto: Site do Americano
Rondigol
O apelido é velho, tem mais ou menos uns três anos. E hoje Rondinelli voltou a fazer jus a ele. Com dois gols, de estilos diferentes, comandou a vitória do Americano sobre o Volta Redonda por 3x2. Resultado que deixa o ar mais puro em Parque Tamandaré. Agora, com 13 pontos, o risco de rebaixamento é muito pequeno. Trinta anos completados no último dia 17, Rondinelli mostra que amadureceu. Trocou a lateral esquerda pelo meio-de-campo nesta temporada, mudança já ensaiada outras vezes. Em um setor onde não precisa correr tanto, pode utilizar melhor sua principal arma, e de frente para o gol: o chute potente. Vida longa a ele agora na nova função. Em forma, dá para jogar mais uns cinco anos, no barato.
Foto: Maurício Barreto
Festa no interior
Rolou a bola no Campeonato de São Francisco de Itabapoana. Esse tipo de competição é bacana. Geralmente ninguém ganha salário – só uns trocados, e olhe lá, para entrar em campo. Joga gordinho, joga magrinho, bons de bola e até pernas-de-pau. A família comparece e vai todo mundo feliz pra casa, mesmo se durante a peleja sobrar alguns sopapos. O juiz e os assistentes, quando existem, sofrem muito, mas geralmente também são da redondeza e as “diferenças” do gramado acabam no primeiro gole de cerveja pós-jogo. Bem, vamos aos resultados, enviados pelo boa praça Maurício Barreto, assessor da prefeitura e amante do futebol.
Alegria dos Anjos 1x 1 Amobes
Batelão 1x1 Amprajope
Amproab 0x0 Guaxindiba
Santa Luzia 4x0 Santo Amaro
Floresta 3x0 Flor de Maio
Travessão 1x0 Vilão
Buena 3x0 Amavor
Nova Belém 3x0 Barrinha

OBS – O Pingo D´água não enfrentou o Comercial de Ponto de Cacimbas por causa do falecimento de dois moradores da comunidade. Outro jogo transferido foi Praça Imaculada e Morro do Bode.
Domingo que vem tem a segunda rodada. Vamos que vamos!

Foto: Site da NBA
Parece pintura
Vamos logo às apresentações: esse cara aí é o Jason Richardson, do Charlotte Bobcats. NBA, Liga Norte-Americana de Basquete. O MUMUNHA adora o esporte e reconhece que os fotógrafos dos states são "du caralho". Só que, reparem bem, esse tal de Jason não é a cara do Ronaldo? Aquele, revelado pelo Goytacaz, que jogou no Americano e atingiu algum sucesso no Botafogo. Para quem não se lembra, há detalhes mais sórdidos da carreira do rapaz: ele foi flagrado no dopping de cocaína e parou no Paraná (sem trocadilho besta, por favor!). Ano passado, Ronaldo estava na reserva do Floresta, de Cambuci, e foi visto há pouco tempo com o jornal Lance! na mão perambulando pelo Centro de Campos. Bem, como a idéia não é traçar uma biografia do sujeito, respondam: parece ou não parece?
Foto: Álvaro Marcos/Usina de Notícias
Fina estampa
Esse camarada da foto aí em cima é meu amigo Arnaldo Garcia. Narrador esportivo de primeira, bom de papo e de copo. Sujeito de bem com a vida, camarada mesmo. Tá parecendo até depoimento do Orkut, mas é sincero. Delegado regional da Associação de Cronistas Esportivos do Estado do Rio de Janeiro (Acerj), diretor do Clube Esportivo Rio Branco, assessor de marketing empresarial... Arnaldo é um cara multifacetado. Tô contigo, garoto! Ah, ele não é candidato não, tá, gente!

segunda-feira, 24 de março de 2008

Foto: Site Macaé Esporte
Seven Up
O próprio site do Macaé Esporte, atualizado pelo competente assessor de imprensa do clube, Tiago Ferreira, vai logo avisando: foi uma páscoa para ser esquecida. O time levou uma surra do Botafogo, ontem, no Engenhão, e saiu de campo amargando a maior goleada do Campeonato Carioca até agora. Tá certo que o placar não dá nenhum tipo de margem à discussões sobre a partida. Dá para conversar sobre qualquer coisa, menos sobre um 7x0. Isso para um lado, e para o outro. Servir de consolo, não serve, mas o Macaé teve quase o mesmo tempo de posse de bola que o Botafogo. E praticamente a mesma quantidade de escanteios, o que mostra um certo equilíbrio nas estatísticas, que, diferente de outros esportes, não são uma base científica no futebol. Bem, a hora é de sacudir a poeira e dar a volta por cima. O Macaé tem o melhor elenco entre os clubes da região Norte, Noroeste e Lagos. E, neste grupo, a gente tem, ainda, Americano, Cardoso Moreira, Cabofriense e Boavista. Vale lembrar, também, que é apenas o primeiro ano do Macaé na elite. Restam três rodadas e a equipe está na briga por uma vaga na Série C. Além disso, risco de rebaixamento não há mais. Por essas e por outras, a campanha pode ser considerada satisfatória, apesar da sova deste domingo.

domingo, 23 de março de 2008

Foto: Site do Cardoso Moreira
Cardoso ganha um ponto
Depois de quatro derrotas seguidas (duas delas em casa), o Cardoso Moreira, finalmente, marcou um ponto na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca 2008. O time empatou em 2x2 com o Mesquita, fora de casa, hoje à tarde. E poderia ter vencido. Célio Júnior (ex-Flamengo e Goytacaz, na foto acima), marcou o primeiro. A equipe sofreu o empate mas marcou logo depois, com o baixinho William. Só que a vitória escapou aos 49 minutos do segundo tempo, quando o Mesquita empatou de novo, em cobrança de falta. Agora as duas equipes têm 8 pontos na classificação geral. O América, lanterna, fez só 6. Pelo regulamento da Federação, se a competição terminasse agora Cardoso e Mesquita teriam de disputar dois jogos extras para decidir quem fica na primeirona e quem é rebaixado. Mas ainda faltam três rodadas. O problema é que o próximo adversário do Cardoso é o Botafogo, quarta-feira, no Engenhão.

sábado, 22 de março de 2008

Fotos: Álvaro Marcos /Usina de Notícias
Eraldo Leite na Acerj!
O campista Eraldo Leite, jornalista da Rádio Globo, visitou neste sábado sua terra natal. Candidato à presidência da Associação de Cronistas Esportivos do Estado do Rio de Janeiro (Acerj), ele se reuniu com os colegas da imprensa local no Clube Esportivo Rio Branco. Eraldo expôs suas metas caso seja eleito – o outro candidato é Pedro Costa, que já está no poder há vários anos sem jamais ter tido qualquer gesto benevolente com a categoria, especialmente em relação aos trabalhadores do interior. O competente narrador esportivo e amigo pessoal Arnaldo Garcia está na chapa integrando o conselho fiscal. Até segunda-feira sai o nome do candidato a delegado regional, cargo ocupado anteriormente por Arnaldo. Galera, quem for filiado à Acerj deve votar em Eraldo. Além de conterrâneo, ele é sério, gente boa e tem propostas decentes para a associação. Ao contrário de Pedro, sempre arrogante e pedante – além de responder a 20 processos na justiça enquanto mandatário maior da entidade, alguns deles por maus tratos aos colegas em pleno exercício da profissão. Este blogueiro já foi vítima de seu autoritarismo e falta de preparo em lidar com o ser humano em 2006, na final do Campeonato Carioca entre Botafogo e Madureira. Por essas e por outras, é conhecido no meio como “Pedro Bosta”. Trata-se de um “chupa-sangue”, que vislumbra sempre o poder. Não à toa, é assessor de imprensa da famigerada Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). Vai perder feio. E, depois, não adianta chorar sobre o leite derramado (sem trocadilhos, por gentileza).


Touro mecânico é esporte, não é?

De volta

Galera, finalmente voltamos! Por problemas técnicos, ficamos fora de sintonia por oito ou nove dias. Mas, agora, estamos aqui. E vamos botar pra quebrar!

quinta-feira, 13 de março de 2008

Classificação Geral Cariocão 2008

1º) Flamengo - 27 pontos
2º) Botafogo - 25 pontos
3º) Fluminense - 24 pontos
4º) Vasco - 24 pontos
5º) Madureira - 19 pontos
6º) Friburguense - 16 pontos
7º) Cabofriense - 14 pontos
8º) Macaé - 12 pontos
9º) Boavista - 12 pontos
10º) Volta Redonda - 10 pontos
11º) Duque de Caxias - 10 pontos
12º) Resende - 8 pontos
13º) Americano - 7 pontos
14º) Cardoso Moreira - 7 pontos
15º) Mesquita - 7 pontos
16º) América - 5 pontos

Madureira – Zona de classificação para a Copa do Brasil 2009
Madureira, Friburguense e Cabofriense – Zona de classificação para a Série C 2008
Mesquita e América – Zona de rebaixamento
Foto: Maurício Val/VIPCOMM
Vasco goleia o Macaé
Com uma atuação sem brilho e com destaque para Morais, o Vasco goleou o Macaé, nesta quinta-feira, por 4 x 0, e manteve a liderança do Grupo B da Taça Rio, com nove pontos. O time está empatado com o Botafogo, que venceu o Duque de Caxias por 4 x 1, mas leva vantagem no saldo de gols, primeiro critério de desempate - dez contra sete, respectivamente.
O Vasco tomou conta do jogo logo no início, apesar de oferecer espaços para os contra-ataques do Macaé. E já aos 13 minutos, abriu o placar: Alan Kardec tentou complementar cruzamento e a bola sobrou para Morais que, de primeira, chutou forte e rasteiro da entrada da área, no canto esquerdo de Cássio.Como resposta, após cobrança de escateio pelo time vascaíno, o Macaé conseguiu encaixar jogada que começou bem e terminou mal. Aos 20 minutos, Jones recebeu lançamento livre na intermediária de ataque e avançou sozinho em direção ao gol do Vasco. Ele dribou Tiago e, com o gol vazio, chutou para fora.
O Vasco chegou ao segundo gol, aos 31 minutos. Wagner Diniz passou para Edmundo que, de calcanhar, tocou para dentro da área. O zagueiro Souza entrou de carrinho e derrubou Jorge Luiz. O árbitro marcou pênalti que Edmundo converteu, mesmo cobrando mal, no meio do gol.
Para a segunda etapa, o Macaé retornou dos vestiários mais presente no ataque, contudo, sem oferecer perigo real ao goleiro Tiago - Jones bateu muito mal duas faltas frontais. E o ímpeto da equipe visitante foi totalmente apagado aos 12 minutos. Morais fez cruzamento pela esquerda e Alan Kardec, no meio da área, cabeceou para a rede e fez o terceiro.
Aos 36 minutos, Jones completou para o gol do Vasco jogada de Marcinho pela direita, porém, a arbitragem assinalou impedimento do atleta. Três minutos depois, Souza cometeu outra penalidade, desta vez em Wagner Diniz. Morais cobrou com categoria, mas não comemorou, pois a torcida pediu que Tiago executasse a cobrança.
Vasco 4x0 Macaé
Vasco - Tiago, Wagner Diniz, Jorge Luiz, Vilson e Calisto; Jonílson, Leandro Bomfim, Morais e Alex Teixeira (Vilanueva); Edmundo (Souza) e Alan Kardec. Técnico - Alfredo Sampaio.
Macaé - Cássio, Thiago Maciel (Zada), Wallace, Souza e Bill; Marcinho, Steve, Mário César e Wallacer (Geraldo); Jones e Andrezinho.
Técnico - Tita.
Gols - Morais (13/1º tempo e 39/2º tempo); Edmundo (32/1ºtempo); Alan Kardec (12/2º tempo)
Cartões amarelos - Wagner Diniz, (Vasco); Souza e Zada (Macaé)
Cartão vermelho - Souza (Macaé)
Árbitro - Agnaldo Xavier Farias, auxiliado por Ronaldo Antônio Verdiano e Gilberto Stina Pereira

quarta-feira, 12 de março de 2008

Quissamã derrota Castelo

Jogando em casa, o Quissamã venceu o Castelo Branco por 3 x 1, na tarde desta quarta-feira, em partida válida pela última rodada do primeiro turno da primeira fase da Copa Rio. Esta foi a segunda vitória da equipe na competição. Já o Castelo Branco, ainda não venceu. Gols, só no segundo tempo. Aos 8 minutos, Bruno Marins fez: Quissamã 1 x 0. Aos 20, Nilson empatou a partida. Aos 30, novamente Bruno Marins desempatou o jogo. E aos 43, Wélton definiu o placar.
Quissamã 3 x 1 Castelo Branco
Quissamã - Geílson, Fred, Douglas, Altamir e Rodrigo (Wélton); Douglas Silva, Tiago, Bruno Marins e Vinícius; Fabrício (Carlos Eduardo) e Ricardo.
Castelo Branco - Eduardo, Loran (Rodrigues), Daniel, Waldemar e Victor; Roberto, Nilson, Diego e Renan (Rodrigo); Rafael e Tiago.
Local - Estádio Antônio Carneiro da Silva

Aperibeense vence outra

Em mais uma boa atuação, o Aperibeense conquistou sua quarta vitória consecutiva na Copa Rio. Na tarde desta quarta-feira, jogando no Rio de Janeiro, o time do Noroeste Fluminense derrotou o Tigres do Brasil por 2x0, gols do volante Magal (ex-Goytacaz) e do goleador Luís Cláudio. Com 12 pontos ganhos, o Aperibeense está muito próximo de se classificar à segunda fase da competição. Vale lembrar que o campeão da Copa Rio garante vaga na Copa do Brasil do ano que vem. E o vice se classifica para o Campeonato Brasileiro da Série C, também de 2009.
Foto: Tiago Ferreira/Ascom Macaé
Macaé pega o Vasco
Em busca de sua primeira vitória na Taça Rio, o Macaé tem uma parada para lá de indigesta nesta quinta-feira. A equipe comandada pelo técnico Tita enfrenta o Vasco, às 19h30, em São Januário, com o objetivo de pontuar e se manter vivo na briga por uma vaga na Série C do Brasileiro. Será a quinta partida consecutiva do alvianil praiano fora de casa neste Campeonato Carioca. Com apenas um ponto no returno, conquistado no empate em 2 x 2 contra o Resende, no último domingo, o Macaé ocupa a sétima colocação no geral – com 12 pontos ganhos – e já se vê ameaçado por outros concorrentes que também disputam vaga nas competições nacionais. Os macaenses estão atrás dos quatro grandes e dos rivais Madureira e Friburguense.
Para tentar surpreender o "Gigante da Colina", Tita ainda não divulgou a escalação. E a principal dúvida continua sendo o zagueiro André, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito. Caso ele não tenha condições de jogo, Souza ficará mantido entre os titulares.
Quem continua de fora da equipe é o volante André Gomes. Recuperado da fissura na fíbula esquerda, ele só deve voltar contra o Mesquita, no domingo, em casa. Já o lateral-esquerdo Andrezinho está melhor da virose e ficará como opção no banco de reservas contra o Vasco.
Um dos trunfos do Macaé para este duelo é o fato de o técnico Tita possuir, em seu grupo, seis jogadores que já vestiram a camisa do Vasco e conhecem bem os atalhos de São Januário. São eles: os goleiros Cássio e Everton; o zagueiro André; o lateral-direito Thiago Maciel; o lateral-esquerdo Bill; e o meia Zada. E o próprio Tita já passou por São Januário como jogador e, posteriormente, como técnico do Vasco.
Vasco x Macaé
Vasco - Tiago; Wagner Diniz, Vilson, Jorge Luiz e Calisto; Jonílson, Leandro Bonfim, Morais e Alex Teixeira; Edmundo e Alan Kardec.
Técnico - Alfredo Sampaio.
Macaé Esporte - Cássio; Thiago Maciel, André (Souza), Wallace e Bill; Marcinho, Mário César, Steve e Tiano; Wallacer e Jones.
Técnico - Tita.
Local - São Januário
Horário - 19h30
Árbitro - Agnaldo Xavier Farias Auxiliares: Ronaldo Antônio Verdiano e Gilberto Stina Pereira

Resultados da Taça Rio

A terceira rodada da Taça Rio já teve cinco jogos hoje. O América, finalmente, conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Carioca: 2x0 no Madureira, fora de casa. Os gols foram de Fábio Augusto (aquele loirinho, que jogou no Flamengo e no Botafogo) e Fernando, revelação das categorias de base do clube. Em Nova Friburgo a Friburguense também meteu 2x0 no Volta Redonda, gols de Carlos Alberto e Alex. Com dois gols de Jessé, contra um de Wágner Carioca, o Americano derrotou o Cardoso Moreira por 2x1 em Campos (mais detalhes no post abaixo). No Maracanã o Flamengo venceu o Mesquita por 2x0, gols de Souza e Vágner Eugênio (contra). E o clássico da Região dos Lagos entre Cabofriense e Boavista terminou com a vitória do time da casa: 2x0 (Wesley Pipico, ex-Floresta, e Fabinho). Confira os resultados:
Madureira 0x2 América - Conselheiro Galvão
Friburguense 2x0 Volta Redonda - Eduardo Guinle
Americano 2x1 Cardoso Moreira - Godofredo Cruz
Flamengo 2x0 Mesquita - Maracanã
Cabofriense 2x0 Boavista - Alair Corrêa
Foto: Leandro Nunes/NA REDE
Jessé, o "homem-gol"
Com dois gols do atacante Jessé ainda no primeiro tempo, o Americano derrotou o Cardoso Moreira por 2x1, agora há pouco, no estádio Godofredo Cruz, em Campos. O gol da equipe visitante foi de Wágner Carioca. O resultado fez com que o Americano saísse da zona de rebaixamento do Campeonato Carioca. Agora o penúltimo colocado na classificação geral da competição é justamente o Cardoso Moreira. Esta foi a segunda vitória do Americano em toda a competição.
Logo aos sete minutos Jessé, oportunista, aproveitou um cruzamento na área e abriu o placar. O Cardoso teve boa chance para empatar aos 15. Walace chutou e o goleiro Wender defndeu. Quatro minutos dois o Cardoso igualou o placar com o centroavante Wágner Carioca. A comemoração durou pouco. Dois minutos depois, novamente Jessé desempatou para o Americano. Esse foi o terceiro gol dele na competição em apenas dois jogos. Agora Jessé é o artilheiro do time no campeonato.
O segundo gol alvinegro fez com que o Cardoso partisse para o ataque. Aos 34 minutos, os jogadores pediram pênalti depois que Marlon caiu na área do Americano. O juiz Rodrigo Nunes de Sá mandou o jogo seguir. No último minuto do primeiro tempo o técnico Duílio tirou o lateral esquerdo Germano, machucado, e colocou em seu lugar o meia Gugu, revelado pelo Americano e especialista em bolas paradas.
A etapa final começou com o Cardoso mais presente no ataque. Aos cinco minutos Neném cruzou e Marcelo Souza, livre de marcação, chutou para fora, mas o jogo já estava parado. Mesmo assim, o goleiro Wender reclamou muito do posicionamento da defesa do Americano. O mesmo Marcelo Souza bateu de fora da área, aos 24 minutos, e quase empatou. A bola passou perto do gol.
O Americano respondeu aos 31 minutos, em cobrança de falta de Rondinelli, que levou perigo.Na base do desespero, o Cardoso tentou pressionar mais ainda nos minutos finais. Aos 33 minutos, Wágner Carioca obrigou Wender a fazer grande defesa. Mas foi o Americano que quase marcou pouco depois. Aos 37 minutos, o volante Índio salvou em cima da linha e evitou o terceiro gol do Americano. Cinco minutos depois Gugu cobrou falta, a bola desviou na cabeça de um outro jogador do Cardoso e saiu, no último lance de emoção do jogo.
Americano 2x1 Cardoso Moreira
Americano - Wender, Ivan, Ciro, Gil e Pirão; Leandro Leite, Silvan (Cafu), Leandro Matera e Rondinelli (Bruninho); Jessé e Rodrigo Ayres (Alexandre).
Técnico - Toninho Andrade
Cardoso Moreira - Macula, Neném, Fabão, Paulo Roberto (Thiago Campos) e Germano (Gugu); Índio, Walace, Célio Júnior (Jhonnattan) e Marcelo Souza; Wágner Carioca e Marlon.
Técnico - Duílio
Local - Estádio Godofredo Cruz (Campos)
Arbitragem - Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Jackson Lourenço Massara dos Santos e Ediney Guerreiro Mascarenhas.
Cartões Amarelos - Fabão e Marcelo Souza (Cardoso Moreira); Rondinelli, Leandro Matera, Bruninho e Ciro (Americano)
Gols - Jessé (7 e 21/1º tempo), Wágner Carioca (19/1º tempo)

terça-feira, 11 de março de 2008

Taça Rio no meio da semana

Confira os jogos da terceira rodada da Taça Rio neste meio de semana:

Quarta-feira - 12/03/2008
Friburguense x Volta Redonda - 15h - Eduardo Guinle
Madureira x América - 15h - Conselheiro Galvão
Americano x Cardoso Moreira - 17h - Godofredo Cruz
Flamengo x Mesquita - 19h30 - Maracanã
Cabofriense x Boavista - 20h30 - Alair Corrêa
Fluminense x Resende - 21h45 - Maracanã
Quinta-feira - 13/03/2008
Botafogo x Duque de Caxias - 19h30 - Engenhão
Vasco x Macaé - 19h30 - São Januário
Foto: Tiago Ferreira/MACAÉ
Vasco x Macaé mais cedo
A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) anunciou ontem que o horário do jogo entre Vasco e Macaé foi antecipado de 21h45 para às 19h30 de quinta-feira (13), em São Januário, mesmo horário do duelo entre Botafogo e Duque de Caxias, no Engenhão. O alvianil praiano já iniciou a sua preparação. O grupo treinou nesta segunda-feira à tarde, no Estádio Cláudio Moacyr de Azedo. Hoje os jogadores trabalham em dois períodos. Pela manhã, treino na academia; à tarde, novamente no Moacyrzão. Agnaldo Xavier Farias será o árbitro do jogo, com Ronaldo Antonio Verdiano e Gilberto Stina Pereira como assistentes. Rodrigo Saraiva Castanheira será o quarto árbitro e o presidente da COAF (Comissão de Arbitragem), Jorge Rabello, o observador. A preliminar de juniores também teve o seu horário modificado. A bola vai rolar agora às 17h15.
Foto: Globo Esporte
Nunes agora é técnico
O ex-atacante Nunes, que marcou época no Flamengo nos anos 80, ingressou na carreira de treinador. Ele assumiu na última sexta-feira o comando do América do Amazonas. A equipe ocupa apenas o sétimo lugar no Campeonato Estadual, que tem 10 times. Em oito rodadas o América tem só duas vitórias (conquistou ainda três empates e perdeu outras três vezes). Em entrevista ao Jornal do Brasil, Nunes se disse otimista. Ele lembrou que atuou como auxiliar de técnicos famosos, como Carlinhos e Evaristo de Macedo. Conhecido como "Artilheiro das Decisões" por sua facilidade em marcar gols em jogos importantes, Nunes virou uma espécie de amuleto no Flamengo, clube pelo qual conquistou todos os títulos possíveis (Estadual, Brasileiro, Libertadores e Mundial). Revelado pelo Santa Cruz, de Recife, ele ainda passou por outros clubes, como Fluminense e Botafogo, além de ter sido convocado para a Seleção Brasileira.

segunda-feira, 10 de março de 2008

Dunga convoca Seleção amanhã

O técnico Dunga convoca nesta terça-feira, às 15 horas, os 22 jogadores da Seleção Brasileira para o amistoso do dia 26 de março contra a Suécia, em Londres, no Emirates Stadium. O estádio pertence ao Arsenal e tem capacidade para 60 mil espectadores.

A convocação será feita no auditório da sede da CBF, localizada na Rua Victor Civita, 66, Bloco 1, Edifício 5, no Rio de Janeiro. Após a divulgação da lista de convocados, haverá entrevista coletiva.

Este será o segundo amistoso do Brasil no ano. No primeiro jogo, em Dublin, a Seleção Brasileira venceu a Irlanda por 1 x 0, gol de Robinho.

Quissamã joga duas em casa

O Quissamã disputa as duas próximaspartidas da Copa Rio em casa, no Estádio Municipal Antônio Carneiro daSilva, o Carneirão. O primeiro jogo acontece nesta quarta-feira (12/3), às17h, contra o time do Castelo.

O segundo, valendo já pela primeira rodada do returno, será contra o Sendas no sábado (15/3), também às 17h. Após um empate por 1x1 com o Sendas; uma vitória por 4x1 sobre o Paraíba do Sul e; no último jogo, uma derrota por 2x4 para o Olaria, o Quissamã busca a reabilitação nestes próximos jogos, quando poderá contar com o apoio da torcida.
Foto: Leandro Nunes/NA REDE
Americano troca de técnico
A derrota de domingo para o Flamengo causou uma vítima no Americano. Insatisfeita com os maus resultados apresentados pelo time no Campeonato Estadual, a diretoria alvinegra demitiu o treinador Valter Ferreira logo após o revés no Maracanã e rapidamente contratou Toninho Andrade (foto acima), que durante a Segunda Divisão do ano passado comandou o Olaria.

Toninho Andrade será o terceiro técnico do clube na competição. Antes, Sérgio Alexandre fez toda pré-temporada, mas foi demitido após a derrota para o Madureira, na quinta rodada da Taça Guanabara. Sérgio fez cinco jogos, vencendo apenas um e empatando outros quatro. Já Valter Ferreira comandou o time em quatro jogos, sem nenhuma vitória, um empate e três derrotas.

“O Valter teve cerca de 20 dias para trabalhar e o time continua não jogando nada e a solução que encontramos para tentar reverter essa situação foi demiti-lo e trazer um novo técnico para dar uma injeção de ânimo no elenco”, disse o presidente César Gama.
Toninho Andrade será apresentado ainda nesta segunda-feira e tem pouco tempo para definir a equipe para o próximo jogo, já na quarta-feira contra o Cardoso Moreira, no estádio Godofredo Cruz, uma partida considerada de risco, já que o adversário também briga contra o rebaixamento.
O novo treinador alvinegro é um velho conhecido da torcida e terá sua terceira passagem pelo clube. Na primeira, em 2004, fazia uma boa campanha no Campeonato Estadual, quando pediu demissão por ter sofrido críticas do então presidente da Federação, Eduardo Viana, torcedor confesso do Americano, que morreu em 2006. No mesmo ano de 2004, Toninho voltou ao time para a Série C do Campeonato Brasileiro e levou o Americano até o quadrangular decisivo da competição.

“Não podemos ser utópicos e sim realistas. Nosso objetivo hoje é lutar contra o rebaixamento. Claro que podemos vencer todas as partidas e chegarmos as semifinais, mas primeiro temos que pensar em não cair”, disse Toninho Andrade.

Sem muito tempo para armar a equipe para o decisivo jogo de quarta-feira contra o Cardoso Moreira, o treinador ficou mais de uma hora reunido com os jogadores e membros da diretoria e pediu mais comprometimento ao elenco para tirar o clube da incômoda situação. Nesta terça-feira pela manhã, ele comanda o único treinamento e define o time com algumas mudanças. “Não sou adepto ao sistema com três zagueiros e o time jogará no 4-4-2. Também vou observar alguns jogadores que não vinham tendo oportunidades como o Rodrigo Ayres, que é o artilheiro e outros que estavam atuando em posições diferentes, como Pirão, Rondinelli e Ivan”, enumerou.

Além do técnico Valter Ferreira, a derrota para o Flamengo causou uma nova vítima. O atacante Romualdo conversou com o presidente César Gama e pediu a rescisão de contrato. Nesta segunda-feira, a Federação confirmou a alteração no horário da partida contra o Cardoso Moreira, no estádio Godofredo Cruz. O jogo será às 17h e não mais às 15h, horário em que acontecerá a preliminar entre as equipe de juniores dos dois clubes.

Copa do Brasil - 2ª fase

A CBF divulgou a tabela da segunda fase da Copa do Brasil. Os jogos de ida começam no dia 19 de março e terminam no dia dois de abril - nesta mesma data alguns jogos de volta já acontecem. Nesta etapa da competição continua valendo o critério do time que vencer a primeira partida por uma diferença igual ou superior a dois gols eliminar a necessidade do jogo de volta. A maior surpresa da primeira fase foi a eliminação do Atlético Paranaense. O “Furacão”, invicto no Campeonato Paranaense, perdeu para o Corinthians, de Alagoas, por 4x3 nos pênaltis, após empate em 1x1 no tempo normal, quinta-feira passada, na Arena da Baixada. Agora somente 32 times lutam pelo título, que garante a vaga na Taça Libertadores da América do ano que vem.
Os 16 confrontos de ida da segunda fase da Copa do Brasil são os seguintes:
19 de março (quarta-feira)
Fortaleza x Corinthians
Volta Redonda x Portuguesa
Nacional x Atlético/MG
Juventus/SP x Náutico
Chapecoense x Internacional/RS
Paraná x Vitória/BA
20 de março (quinta-feira)
Bragantino/SP x Vasco
02 de abril (quarta-feira)
Fast Clube/AM x Goiás
Atlético/GO x Grêmio
São Caetano x Coritiba
River/PI x Botafogo
Central/PE x Palmeiras
Brasiliense x Sport
Icasa/CE x Criciúma
Paranavaí/PR x Corinthians/AL
Madureira x Juventude

domingo, 9 de março de 2008

Foto: Divulgação Vila Nova
Que maravilha, Túlio!
Essa é para fechar o domingo. O veteraníssimo Túlio Maravilha, 38 anos, quebrou o jejum de quatro jogos sem balançar as redes no Campeonato Goiano. Hoje ele marcou nada menos que quatro gols na goleada do Vila Nova sobre a Anapolina por 7x0. Agora Túlio é o artilheiro do campeonato, com 11 gols. O curioso é que esta é a segunda vez na competição que ele marca quatro vezes. A primeira também foi diante da Anapolina, em Anápolis, no jogo do turno (vitória do Vila Nova por 4x0).

Paulistão a todo vapor

O Paulistão está pegando fogo. Apesar da derrota de 2x0 para o Corinthians, o Guaratinguetá segue na ponta, com 27 pontos. A Ponte Preta vem em segundo, com 24. O terceiro lugar é do Barueri: 23. O Corinthians entrou no G-4 nesta rodada e surge também com 23. O mesmo número de pontos tem o São Paulo, que fica atrás porque tem menos saldo de gols. Apesar da goleada de 5x2 hoje, fora de casa, em cima do Bragantino, o Palmeiras é só o sexto, com 22. A Portuguesa, nona colocada, tem 20. E o Santos é o 12º, com 17. Na zona de rebaixamento estão Juventus, Rio Preto, Rio Claro e Guarani (lanterna, com 11 pontos). Faltam só seis rodadas para terminar a fase de classificação. A próxima rodada é a seguinte:
Quarta-feira (12/03)
Juventus x Paulista
São Paulo x Barueri
Bragantino x Sertãozinho
Rio Claro x Noroeste
São Caetano x Marília
Rio Preto x Corinthians
Palmeiras x Ponte Preta
Quinta-feira (13/03)
Guarani x Ituano
Portuguesa x Guaratinguetá
Santos x Mirassol
Foto: Maurício de Souza/AE
Santos bate Noroeste
O Santos provou mais uma vez, agora há pouco, que está em ascensão no Campeonato Paulista: venceu o Noroeste, na Vila Belmiro, por 3x2 (dois gols de Kleber Pereira e um do zagueiro Betão). Depois de passar algum tempo na zona de rebaixamento, o “Peixe” vem conseguindo resultados importantes e já é o 12º colocado, com 17 pontos. O sonho de chegar ao G-4 e garantir uma vaga às semifinais continua. A vitória foi importante também para o Corinthians, que permanece entre os quatro primeiros – o Noroeste, se vencesse, ultrapassaria o “Timão”.

Classificação da Taça Rio

Grupo A
1º) Fluminense - 6 pontos
2º) Flamengo - 6 pontos
3º) Volta Redonda - 3 pontos
4º) Duque de Caxias - 3 pontos
5º) Macaé - 1 ponto
6º) América - 1 ponto
7º) Boavista - 1 ponto
8º) Cardoso Moreira - 0 ponto
Fluminense e Flamengo - Zona de classificação para as semifinais
Grupo B
1º) Vasco - 6 pontos
2º) Botafogo - 6 pontos
3º) Madureira - 6 pontos
4º) Friburguense - 3 pontos
5º) Resende - 1 ponto
6º) Mesquita - 1 ponto

7º) Cabofriense - 1 ponto
8º) Americano - 0 ponto

Vasco e Botafogo - Zona de classificação para as semifinais

Próxima rodada Cariocão 2008

A terceira rodada da Taça Rio acontece no próximo meio de semana. Há jogos bem interessantes, que podem mexer com várias partes da tabela de classificação. Em Campos o Americano recebe o Cardoso Moreira. Se vencer, o time campista ultrapassa o adversário na soma geral e deixa a zona de rebaixamento. O lanterninha América encara o Madureira em busca da primeira vitória. E ainda tem o clássico da Região dos Lagos, entre Cabofriense e Boavista. Confira aí a rodada:

Quarta, 12/03
Americano x Cardoso Moreira
Friburguense x Volta Redonda
Madureira x América
Flamengo x Mesquita
Cabofriense x Boavista
Fluminense x Resende
Quinta, 13/03
Botafogo x Duque de Caxias
Vasco x Macaé

Classificação Geral Cariocão 2008

A classificação geral do Campeonato Carioca (soma dos pontos da Taça Guanabara com a Taça Rio, sem contar as semifinais e finais) tem três aspectos importantes. Primeiro: o time pequeno com o maior número de pontos garante vaga na próxima edição da Copa do Brasil. Outro item interessante é o fato de os três clubes mais bem classificados (à exceção dos grandes, claro) assegurarem a classificação para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro deste ano. E ainda tem um outro e tenebroso detalhe: os dois piores vão ser rebaixados para a Segunda Divisão do Estadual. Confira aí como está o seu time.

1º) Flamengo - 24 pontos
2º) Fluminense - 23 pontos
3º) Botafogo - 22 pontos

4º) Vasco - 21 pontos
5º) Madureira - 19 pontos
6º) Friburguense - 13 pontos
7º) Macaé - 12 pontos

8º) Boavista - 12 pontos
9º) Cabofriense - 11 pontos
10º) Volta Redonda - 10 pontos
11º) Duque de Caxias - 10 pontos
12º) Resende - 7 pontos
13º) Mesquita - 7 pontos
14º) Cardoso Moreira - 7 pontos
15º) Americano - 4 pontos
16º) América - 2 pontos

Madureira – Zona de classificação para a Copa do Brasil/2009
Madureira, Friburguense e Macaé – Zona de classificação para a Série C/2008
Americano e América – Zona de rebaixamento à Segunda Divisão
Foto: O GLOBO
Bota vence Voltaço
Com gols de Wellington, Túlio e Alessandro, o Botafogo goleou o Volta Redonda por 3x0, agora há pouco, no Engenhão, e divide a liderança do Grupo B da Taça Rio com Vasco e Madureira (todos com seis pontos). Com cinco gols de saldo, o Vasco está em primeiro. O Botafogo tem quatro e ocupa a segunda posição. Já o Madureira tem saldo positivo de apenas dois gols. Hoje o Botafogo jogou sem cinco titulares; Castillo, Ferrero, Diguinho, Lúcio Flávio e Zé Carlos. O jovem goleiro Renan, de apenas 19 anos, foi um dos destaques do time.
Botafogo – Renan, André Luís, Eduardo e Renato Silva; Alessandro (Índio), Túlio, Abedi (Wellington), Adriano Felício (Marcelinho) e Triguinho; Jorge Henrique e Wellington Paulista.
Gols – Wellington (42/1º tempo), Túlio (46/1º tempo) e Alessandro (10/2º tempo).
Foto: Mauro Vieira/ZEROHORA
Dupla Gre-Nal na boa
A dupla Gre-Nal teve um fim de semana com vitórias no Campeonato Gaúcho. Ontem à noite o Internacional derrotou o Brasil de Pelotas por 2x0, gols de Magrão e Gil, em um Beira-Rio com mais de 20 mil torcedores. Hoje o Grêmio passou pelo Novo Hamburgo, fora de casa: 1x0, gol de Perea. O Grêmio é o líder isolado da Chave 1, com 26 pontos, e ainda está invicto na competição (oito vitórias e dois empates). O Inter, por sua vez, alcançou a ponta da Chave 2 e soma 23 pontos (sete vitórias, dois empates e uma derrota).
Foto: Divulgação/Cruzeiro
Clássico sem gols
Atlético Mineiro e Cruzeiro ficaram no 0x0, hoje à tarde, no Mineirão. O clássico foi movimentado e as duas equipes desperdiçaram algumas chances para marcar. Destaque para o público: quase 55 mil torcedores pagaram ingresso para ver o confronto entre os dois times mais populares de Minas Gerais. Apesar do resultado, as equpes permanecem no G-4. O Cruzeiro lidera o Campeonato Mineiro com 16 pontos - o empate interrompeu a série de cinco vitórias consecutivas. Já o "Galo" está em terceiro, com 13 pontos (quatro vitórias, um empate e duas derrotas). O vice-líder é o Tupi, de Juiz de Fora, com 15 pontos. O Rio Branco completa o grupo de classificação às semifinais ocupando a quarta colocação, com 12 pontos. A maior decepção da competição é o Ipatinga, que está na antepenúltima posição, com seis pontos depois de sete partidas disputadas.

Bota vai ganhando

Terminou agora o primeiro tempo no Engenhão. O Botafogo vai derrotando o Volta Redonda por 2x0. Os gols aconteceram no finzinho da etapa inicial. Aos 42 minutos o jovem Wellington, que entrou no lugar de Abedi durante a partida, marcou o primeiro ao receber assistência do xará Wellington Paulista. Logo depois, aos 46, Túlio fez o segundo.
Foto: Daniel Augusto Jr./AGÊNCIA CORINTHIANS
Dentada firme
O Corinthians se reabilitou no Campeonato Paulista. Hoje à tarde, no Morumbi, a equipe derrotou o líder Guaratinguetá por 2x0, com dois gols do garoto Dentinho (foto acima). Agora ele chegou aos cinco gols no Paulistão. Com o resultado, o "Timão" chegou aos 23 pontos e entrou temporariamente no G-4. A permanência ao fim da rodada no grupo que vai às semifinais da competição depende do resultado de Santos e Noroeste - por enquanto o "Peixe" vai ganhando por 2x1, resultado bom para o Corinthians.

Classificação Geral Cariocão 2008

Ainda restando computar o resultado do jogo Botafogo x Volta Redonda, a classificação geral do Campeonato Carioca 2008 é a seguinte:

1º) Flamengo - 24 pontos
2º) Fluminense - 23 pontos
3º) Vasco - 21 pontos
4º) Madureira - 19 pontos
5º) Botafogo - 19 pontos
6º) Friburguense - 13 pontos
7º) Macaé - 12 pontos
8º) Boavista - 12 pontos
9º) Cabofriense - 11 pontos
10º) Volta Redonda - 10 pontos
11º) Duque de Caxias - 10 pontos
12º) Resende - 7 pontos
13º) Mesquita - 7 pontos
14º) Cardoso Moreira - 7 pontos
15º) Americano - 4 pontos
16º) América - 2 pontos
Madureira – Zona de classificação para a Copa do Brasil/2009
Madureira, Friburguense e Macaé – Zona de classificação para a Série C/2008
Americano e América – Zona de rebaixamento à Segunda Divisão

Resultados da Taça Rio

Falta apenas um jogo para completar a segunda rodada a Taça Rio. Neste momento, Botafogo e Volta Redonda se enfrentam no Engenhão. A partida, que começou às 18h10, está empatada em 0x0. Os outros resultados do fim de semana no Campeonato Carioca 2008 foram os seguintes:
Flamengo 3x1 Americano
Vasco 2x0 Duque de Caxias
América 0x0 Cabofriense
Fluminense 5x2 Friburguense
Cardoso Moreira 0x1 Madureira
Resende 2x2 Macaé
Mesquita 1x1 Boavista

Americano: resultados ajudaram

Apesar da derrota para o Flamengo, o Americano teve uma rodada de resultados favoráveis em sua luta contra o rebaixamento. Ontem o Duque de Caxias já havia perdido para o Vasco por 2x0. Hoje, nenhum outro time que está próximo das últimas colocações conseguiu vencer. O Cardoso Moreira mais uma vez decepcionou sua torcida e perdeu em casa para o Madureira por 1x0. Resende e Macaé ficaram no 2x2, no Sul Fluminense, e o Mesquita também empatou: 1x1 com o Boavista.
Foto: Paulo Sérgio/FOTOCOM
Vitória tranqüila
Mesmo só com dois ou três titulares, o Flamengo manteve os 100% de aproveitamento na Taça Rio. Agora há pouco o time, cheio de reservas, derrotou o Americano por 3x1, no Maracanã. O destaque, mais uma vez, foi o jovem zagueiro Thiago Sales (foto acima), autor de dois gols - o outro foi do argetino Maxi. O técnico Joel Santana voltou a confirmar que pretende continuar com o rodízio de jogadores.

Tá fácil para o Mengão

Primeiro tempo de jogo no Maracanã: o Flamengo, cheio de reservas, vai derrotando o Americano por 2x0. Os gols foram de Thiago Salles e Maxi. O Mengão briga pela liderança de seu grupo na Taça Rio. O time de Campos, que atua no esquema 3-6-1, luta para fugir da zona de rebaixamento.
Flamengo - Bruno, Leonardo Moura, Thiago Salles, Leonardo e Egídio; Jaílton, Gavillán, Jônatas e Toró; Maxi e Marcinho.
Americano - Wender, Anderson, Alex Mineiro e Ciro; Ivan, Leandro Leite, Leandro Matera, Izaías, Pirão e Bruninho; Jessé.
Foto: Agência Estado
Que beleza!
Meninas trabalharam ontem como gandula em homenagem ao Dia Internacional da Mulher durante a partida Fluminense 5x2 Friburguense, no Maracaña. Não podia ser sempre assim?

sábado, 8 de março de 2008

Foto: Site Atlético Paranaense Netos do "Rei"
As Escolas de Formação de Talentos do Clube Atlético Paranaense tem dois novos alunos ilustres. Octávio Falinto Neto, de 9 anos; e Gabriel Arantes do Nascimento, de 7 anos, acabaram de fazer suas matrículas na sede do Xaxim. Ambos são netos de ninguém menos que Pelé.
Viúvo de sua esposa, Sandra, os pais das crianças, Ozéas Silva Falinto, comentou um pouco da relação de seus filhos com o avô. “Eles nunca tiveram um contato grande. Mas eles estão extremamente ansiosos para que isso aconteça", explicou Oséas, que comentou ainda sobre as semelhanças dos filhos com Pelé. "Os dois puxaram o avô em vários sentidos. Inclusive pela parte física. E o mais interessante é que são os dois únicos sucessores homens que o Pelé tem .”
Ozéas também contou porquê escolheu o Atlético Paranaense para matricular seus filhos. "Eu joguei futebol quando era mais novo. Fui até a categoria júnior. E mesmo sendo carioca, comecei aqui no Paraná. Eu era torcedor do Flamengo, e pelas cores acabei simpatizando e me tornando um torcedor do Atlético. Esse é um motivo. E o bom foi que a escola também é bem perto de nossa casa", explicou.
Em relação às crianças, é fácil saber qual a profissão que eles sonham seguir. "Acho bom para eles fazerem um exercício. E eles gostam muito de jogar futebol. Eles amam esse esporte. E o Otávio, que é mais velho, sempre diz para nós que ele sonha em ser um grande jogador de futebol, mas não melhor que seu avô", concluiu Ozéas.
Octávio disse que vislumbra em um dia poder jogar com o avô. "Gostei muito do Atlético Paranaense. Aqui é bem bacana. Espero jogar aqui um dia. Assim como sonho em jogar contra meu avô, ver se ele consegue ganhar de mim", disse, brincando, um dos netos do “rei do futebol”.

Outra mudança

A partir de hoje, sábado, dia oito de março de 2008, o MUMUNHA, que não vai virar "mulherzinha", passa a adotar uma outra característica (além de divulgar o resultado das enquetes). O blog terá um formato mais informativo e menos analítico. Embora os comentários dos administradores (Álvaro Marcos Teles e João Paulo Arruda) apareçam, vez por outra. Tentaremos criar um diferencial quando isto ocorrer. Nosso corpo (editorial, por favor!) é quem vai decidir. Bem vindos a uma nova era. O objetivo, agora, é cobrir vôlei, fórmula um e, evidentemente, os principais clubes do país. Como somos de Campos, Norte Fluminense, vamos dar uma ênfase especial também aos times da região, como Americano, Goytacaz, Rio Branco, Macaé, Cardoso Moreira, Italva, Itaperuna, São João da Barra, Aperibeense, Floresta, Cabofriense, Boavista, Quissamã, Paduano, etc... (desde que sejam profissionais). E as notícias de Flamengo, Vasco, Botafogo, Fluminense, São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Cruzeiro, Atlético Mineiro, Grêmio e Internacional também terão seu lugar reservado. Informações sobre outros times, jogadores e esportes também vão fazer parte desta nova fase do MUMUNHA. Valeu e vamos em frente!

Cuca na cabeça

A partir de hoje o MUMUNHA muda um pouco seu foco. Em primeiro lugar, estaremos divulgando e comentando o resultado das enquetes. Nesta última, encerrada há pouco tempo, a pergunta foi “Quem é o melhor técnico do futebol carioca?”. O resultado surpreendeu por um aspecto: das quatro opções, só duas foram votadas. Renato Gaúcho, do Fluminense; e Alfredo Sampaio, do Vasco, não receberam nenhum voto. Cuca, do Botafogo, com seis indicações, ganhou apertado de Joel Santana, do Flamengo, que teve cinco fãs. Claro que o resultado, por si só, não prova nada. Até porque, Joel tem um grande mérito: o de ter feito o Flamengo competitivo com um elenco limitado no ano passado e reforçado agora. E Cuca, que não tem um grande grupo, consegue tirar o máximo de seus jogadores.